home do ZAP Carros | Carros Usados, Novos e Seminovos

Com a mesma agressividade, Camaro conversível é lançado por R$ 239.900

Categorias: Chevrolet, LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS
Camaro conversível continua com visual nervoso em sua nova versão

Camaro conversível continua com visual nervoso em sua nova versão (Fotos: Divulgação)

A GM lançou nesta semana o Camaro conversível. Conhecido pela sua robustez, o esportivo da marca chega cheio de pompa, com capota de lona com acionamento elétrico ao preço de R$ 239.900.

Com tração traseira, o motor é o mesmo da versão Cupê, um potente V8 6.2 litros de 406 cavalos de força a 5.900 rpm e torque de 56,7 kgfm. O câmbio automático é de seis velocidades e possui a opção de trocas manuais, mais esportivas, por meio das borboletas atrás do volante.
Para um melhor desempenho e maior equilíbrio dinâmico em curvas e retas, a nova versão ganhou reforços estruturais na parte dianteira e traseira, além da assistência do duplo controle de tração e de estabilidade.

A capota, chamada de Twillfast, é revestida em espuma acústica e equipada com vidro traseiro térmico, para diminuir o ruído externo. O funcionamento do teto removível se dá ao toque de um botão, localizado próximo ao retrovisor. Os vidros abaixam e a capota se dobra em um padrão Z em apenas 20 segundos. Por motivos de segurança, o sistema só funciona com o carro parado e com a alavanca de transmissão na posição Parking.

Segundo os executivos da montadora, as versões cupê e conversível foram feitas em sintonia e se diferenciam apenas em alguns detalhes. Além da capota, o novo modelo traz antena no estilo tubarão na traseira do carro. O desenho das lanternas, as rodas de 20 polegadas e pneus mais largos na traseira são encontradas em ambas as versões.

Na cabine, o Camaro conversível também traz a tecnologia Heads-Up Display, que dá informações do carro em projeção no vidro como rotação do motor, ponto ideal de troca de marcha, velocidade e aceleração lateral. O nome da música que o motorista está escutando também é informado. O painel é equipado com USB, sistema multimídia MyLink, com Bluetooth que  tem reconhecimento de voz em português para ligação e navegação, e câmera de ré.

O Camaro conversível já é oferecido nas concessionárias do Brasil nas cores preto, cinza, branco e amarelo. A GM espera vender 100 unidades da versão neste ano.

Traseira ganhou antena tubarão

Traseira ganhou antena tubarão

Invocado - Só de olhar um Camaro por fora já é possível sentir a sua agressividade e imponência. Ao sentar no banco da frente, a certeza se dá ao ligar o carro, um ronco de motor que anima qualquer motorista. O ZAP Carros andou na nova versão em diferentes pistas e climas e comprovou sua fama de agressividade.

Todos os bancos possuem revestimento em couro e são inspirados em modelos de competição. Os dianteiros possuem apoio de braço, ajustes elétricos e sistema de aquecimento, que é ligado através de um botão no painel. O acionamento da capota é simples, mas a alavanca que destrava o teto é um tanto dura e dá a impressão de que vai se soltar.

O design do conversível foi muito bem pensado e apresenta uma bela modelagem, com painéis iluminados em led nas laterais. A cabine possui também relógios analógicos que dão informações sobre a amperagem da bateria, pressão do óleo e temperaturas do óleo e do motor.

Uma falha notada pela reportagem do ZAP Carros foi a falta de compartimentos mais acessíveis para colocar objetos, como celular e carteira, embora tenha um ?baú? espaçoso.

O banco traseiro é apertado e não possui encosto de cabeça. O ideal é mesmo andar em duas pessoas, até para ter uma melhor visão do vidro de trás, que é pequeno. Isso se a capota não estiver aberta, é claro.

Painéis laterais ganharam luzes de led, que podem ser bem visíveis no período noturno

Painéis laterais ganharam luzes de led, que podem ser bem visíveis no período noturno

Agressivo nas pistas - Podemos dizer que o desempenho do Camaro conversível é nervoso, satisfatório ao extremo. Se o objetivo é acelerar e sentir aquele barulho esportivo, esse é o carro. O ronco do motor é ousado e desperta a atenção de qualquer um que esteja por perto. Só de ligar a máquina você já sente o que está por vir. Acelerando em altos giros e, principalmente em uma ultrapassagem, o Camaro mostra que é potente no desempenho.

O motorista encontra uma boa posição para dirigir, com ajuste de altura e profundidade do volante, além dos ajustes do banco.

A transmissão automática de seis velocidades responde bem quando exigida. A troca das alavancas é um pouco dura em comparação com outros sistemas, mas nada que incomode tanto. No manual, o carro com certeza se torna mais divertido e ainda mais esportivo, além de dar respostas mais rápidas nas trocas e uma maior potência.

É claro que, por ser um carro grande, pode incomodar em vias urbanas com situações de trânsito intenso e que necessite algumas ultrapassagens. Na estrada, é um carrão. Atende a todas as expectativas, tanto na aceleração inicial quanto em sua performance geral.

É possível chegar a 100 km/h em pouco mais de 5 segundos e facilmente chegar a uma velocidade muito alta sem nem perceber. Por isso, é preciso ter cuidado ao acelerar esse potente V8.

Aos mais ousados, o carro também possui um botão de estabilidade que permite uma saída de lado em pistas apropriadas para este tipo de manobra.

De fato, o Camaro chama muito atenção por tudo o que ele é, grande, largo, design impecável e barulho instigante. É impossível passar por um local querendo ser discreto, ainda mais com a capota aberta.

Versão única do conversível está disponível nas lojas por R$ 239.900

Versão única do conversível está disponível nas lojas por R$ 239.900

* O ZAP Carros viajou à convite da GM.

LEIA MAIS:

Citroën lança nova linha 2015 do C3, C3 Picasso e Aircross

Audi lança A3 Sedan com motor 1.4. Preço parte de R$ 94.800

Avaliação: Com visual incrível, Punto Blackmotion deixa a esportividade de lado no desempenho

Categorias: Fiat, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS
Edição especial ganhou alarme anti-furto, piloto automático e rodas de liga leve 16? diamantadas de série

Edição especial ganhou alarme anti-furto, piloto automático e rodas de liga leve 16'' diamantadas de série (Fotos: Divulgação)

No meio de 2013, a Fiat anunciou o lançamento da nova versão do Punto Blackmotion para alavancar as vendas da montadora. No visual, é óbvio que o carro passa um ar esportivo, mas no desempenho o elogio não pode ser o mesmo. Falta um pouco de ousadia no motor.

ZAP Carros andou por uma semana na edição esportiva, que leva câmbio E.torQ 1.8 16V Flex, com força de 132 cavalos e 18,9 kgfm de torque. O Blackmotion ganhou capas para os retrovisores externos, friso no capô, spoiler na cor preta e adesivos nas laterais do carro.

De fato, para vias urbanas o motor serve muito bem. Na estrada, um pouquinho mais de força não seria nada mal e deixaria o carro mais completo, já que sua dirigibilidade é muito boa. O câmbio manual incomoda pelos engates longos, mas nada que vá tirar o motorista do sério.

Como itens de série, a Fiat entrega CD player com MP3, entrada USB, vidros elétricos, volante multifuncional, airbag duplo, sensor de estacionamento, teto solar panorâmico, sistema Blue&Me, sensor de chuva e airbags laterais e de cortina.

A edição Blackmotion do Punto está no mercado com o preço inicial de R$ 54 mil e é oferecida em quatro cores: branco, preto, prata e cinza.

Punto BlackMotion traz todo o requinte com painel texturizado e revestimentos na cor preta

Punto BlackMotion traz todo o requinte com painel texturizado e revestimentos na cor preta

Estilo - Ao sentar no banco do motorista você logo sente que está dentro de um carro superesportivo. Com design quase inteiro na cor preta, o painel possui um bom acabamento com detalhes e tem um material resistente.

Os bancos, bem confortáveis, levam a cor preta e possuem apoio de braço para o motorista e passageiro. O único possível problema detectado pela reportagem é o teto baixo. No banco do passageiro, que não tem regulagem de altura, uma pessoa com mais de 1,90 m pode ter dificuldades para acomodar-se. Sem contar o “esquecimento” da alça de segurança.

Já o motorista encontra uma ótima posição para dirigir, graças ao ajuste de altura de banco que o carro possui. Além disso, é possível controlar a altura e profundidade do volante.

O banco traseiro possui encosto de cabeça baixo nos três assentos e cinto de três pontos, exceto para o passageiro do meio. Na questão do conforto, o local fica apertado com três pessoas.

O teto solar ganhou o estilo skydome, que permite a abertura parcial. A parte traseira é apenas estética. A tela interna que protege o vidro parece pouco resistente e é solta.

No geral, o carro oferece muito conforto, principalmente, ao motorista. O ambiente escuro permite isso, juntamente aos bancos revestidos em couro.

O teto solar elétrico Skydome chama atenção pelo tamanho e tem acionamento realizado por comandos elétricos

O teto solar elétrico Skydome chama atenção pelo tamanho e tem acionamento realizado por comandos elétricos

Desempenho - Dirigir o Punto Blackmotion é divertido, mas você sempre espera aquele algo a mais em uma versão mais turbinada, como mostra ser essa versão. Com pedais macios, sua arrancada e retomada são bem satisfatórias.

Ao ser exigido em situações extremas de frenagem, mostrou ser um carro seguro. Nas curvas, pode-se dizer o mesmo, já que consegue passar sem tremedeiras e sem aquele medo de ser jogado para fora da pista. Em baixas rotações, o Punto agrada principalmente quando precisa fazer uma ultrapassagem.

E sobre a acústica? Se for um motorista que gosta de ouvir aquela potência do motor, aumente o giro do carro e divirta-se. No geral, ele passa bem no quesito e os barulhos externos não são percebidos tão facilmente.

Na versão automatizada a Fiat oferece o seletor DNA, que permite a escolha entre autônomo, dinâmico e normal. Mas, se quer mesmo um carro com desempenhos melhores e alguma economia de combustível, fique com a versão manual.

No consumo, o Blackmotion faz na cidade 7,6 km/l. Na estrada, chega a fazer 10,6 km/l.

As lanternas traseiras trazem guias de luz em LED

As lanternas traseiras trazem guias de luz em LED

LEIA MAIS:

Citroën lança nova linha 2015 do C3, C3 Picasso e Aircross

Audi lança A3 Sedan com motor 1.4. Preço parte de R$ 94.800

Citroën lança nova linha 2015 do C3, C3 Picasso e Aircross

Categorias: Citroën, LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS

A Citroën lançou nesta quinta-feira (22) a linha 2015 de três carros, C3, C3 Picasso e Aircross com novidades. A montadora quer dar aos seus clientes mais conforto, estilo e segurança e chega com novas versões, cores e equipamentos para todos os modelos.

Segundo diretor-geral da Citroën no Brasil, Francesco Abbruzzesi, foram vendidas no primeiro quadrimestre deste ano 20.577 unidades. A expectativa da marca é chegar ao número de 3,4 milhões de carros vendidos.

C3 ganhou seis versões para a linha 2015 (Fotos: Divulgação)

C3 ganhou seis versões para a linha 2015 (Fotos: Divulgação)

C3 - O modelo 2015 do compacto agora conta com seis versões. Foram criadas as opções Attraction e Exclusive com motor 1.5 flex e câmbio manual e o Tendance (antigo GLX) com motor 1.6 flex e câmbio automático. As antigas versões, Origine 1.5 Flex (antigo GL), Tendance 1.5 flex e Exclusive 1.6 flex com câmbio automático, continuam no mercado.

Partindo com o preço inicial de R$ 40.990 em sua versão mais básica, o C3 ganhou novos atributos. Confira abaixo:

Origine 1.5 flex - O modelo básico recebe como itens de série ar-condicionado, direção elétrica, airbag para motorista e passageiro, computador de bordo e travamento das portas à distância pela chave.

Attraction 1.5 flex - Além dos itens acima, esta versão recebe também rodas de liga leve de 15 polegadas, LEDs diurnos, espelhos retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas, rádio CD-Player com controle satélite na coluna de direção, bluetooth, entradas USB e faróis de milha. Estará disponível nas lojas por R$ 43.990.

Tendance 1.5 flex - Além dos itens do Attraction, o Tandance recebe para-brisa panorâmico Zenith, com aumento do ângulo de visão para 80 graus, e vai custar R$ 45.490.

Exclusive 1.5 flex - Com preço inicial de R$ 48.990, a nova versão Exclusive ganha 93 cavalos de potência, com câmbio manual. Além dos itens de série do Tandance, o modelo ganha itens de segurança como faróis com acendimento automático, ar-condicionado automático, limpador de para-brisa com sensor de chuva, espelho retrovisor interno com luz em LED, bancos dianteiros com apoio para os braços, rodas de liga-leve de aro 16, alarme ultrassom e detector de obstáculo traseiro. Como opcional, a Citroën disponibiliza o sistema multimídia eMyWay.

Tendance 1.6 flex automático - Com motor de 122 cv e câmbio automático ? com opção de uso manual com as borboletas (shift paddles) ? a versão conta com os mesmo itens do Attraction 1.5. De diferente, possui sistema Flex Start, vidro elétrico do motorista com One Touch, refrigeração e luz de cortesia no porta-luvas. Modelo vai custar R$ 49.990.

Exclusive 1.6 flex automático - A versão topo de linha do C3 agora só é vendida com câmbio automático. Como equipamentos, recebe os mesmo itens da versão Exclusive 1.5, além de maçanetas e espelhos retrovisores cromados e controle de velocidade de cruzeiro. Como opcional, a Citroën oferece o sistema de navegação eMyWay. O preço parte de R$ 55.490.

C3 Picasso tem entre-eixos de 2.540 mm

C3 Picasso tem entre-eixos de 2.540 mm

C3 Picasso 2015 - A Citroën disponibiliza aos consumidores cinco versões para o Picasso, com diferenças em seu design e itens de série. Veja os modelos:

Origine 1.5 - A versão básica recebe vidros elétricos nas quatro portas, direção assistida, ar-condicionado, dois airbags frontais, computador de bordo, retrovisores elétricos. Preço de R$ 46.80.

Tendance 1.5 - A versão intermediária do C3 Picasso é oferecida em duas configurações: motor 1.5 com câmbio manual  e 1.6 com câmbio automático. O modelo tem faróis de neblina, rádio CD Player com comando satélite e look externo na cor da carroceria. Os dois têm detector obstáculo traseiro como equipamento de série, custando R$ 49.790 (manual) e R$ 54.890 (automático).

Exclusive 1.6 - A versão topo de linha, disponível com câmbio manual e automático, ganhou ar-condicionado digital, sistema de som com USB, Bluetooth, bancos de couro, mesas no mesmo estilo de avião, controle de velocidade de cruzeiro e para-brisa com sensor de chuva e acendimento automático dos faróis. O modelo manual custa R$ 55.890 e o automático R$ 59.890.

Aircross tem para-brisa panorâmico em três partes

Aircross tem para-brisa panorâmico em três partes

Aircross - Remodelado, o utilitário da Citroën chega com máscaras negras nos faróis e detalhes na cor grafite nas barras do teto, nas molduras dos faróis de milha e estribos. O Aircross está disponível nas versões Exclusive e Tendance. A nova linha passa a ter a cor blanc nacré (branco perolizado).

As versões de entrada continuam sendo oferecidas com duas configurações mecânicas, motor 1.6 16V flex e com câmbio manual ou automático sequencial de seis marchas. O modelo Tendance manual tem preço inicial de R$ 55.190.

Além das mudanças no design, o carro teve também ficou maior. O Aircross ganhou 33 mm de altura no eixo dianteiro e 41 mm no eixo traseiro. Confira os preços das outras versões:

Tendance 1.6 com câmbio automático ? R$ 59.890
Exclusive 1.6 com câmbio manual - R$ 60.190
Exclusive 1.6 com câmbio automático ? R$ 65.190

Audi lança A3 Sedan com motor 1.4. Preço parte de R$ 94.800

Categorias: Audi, LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS

O Audi A3 Sedan, que chegou ao Brasil no começo deste ano com motor 1.8, passa a ser oferecido em duas novas versões, ambas equipadas com trem de força 1.4. A de entrada (A3 Sedan 1.4 TFSI) chega às lojas com preço inicial de R$ 94.800. Já a topo de linha (A3 Sedan TFSI Attraction), cujo diferencial está na lista de opcionais e itens de série - como volante em couro multifuncional com shift-paddles, ou “borboletas” - custa a partir de R$ 99.900.

Audi A3 Sedan 1.4 promete entrar na disputa de mercado com Honda Civic e Toyota Corolla (Fotos: Divulgação)

Audi A3 Sedan 1.4 promete entrar na disputa de mercado com Honda Civic e Toyota Corolla (Fotos: Divulgação)

Dados da Audi revelam que o motor 1.4 gera 122 cv de potência e tem 20, 4 kgfm de torque máximo entre 1.400 e 4.000 rpm. Com a promessa de ser econômico e eficiente, ele trabalha combinado ao câmbio automático de 7 velocidades com dupla embreagem e leva o carro a acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos, atingindo velocidade máxima de 212 km/h.

Assim como o primeiro membro da família, o A3 Sedan 1.4 tem 4, 45 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1, 41 m de altura e 2.63 m de distância entre eixos. A capacidade do porta-malas de 425L pode ser aumentada para até 880L, com o rebatimento dos encostos dos bancos traseiros.

Com o preço abaixo dos R$ 100 mil, Audi A3 Sedan 1.4 chega como uma alternativa mais acessível no segmento premium de sedãs

Com o preço abaixo dos R$ 100 mil, Audi A3 Sedan 1.4 chega como uma alternativa mais acessível no segmento premium de sedãs

Independente da versão, o comprador leva para casa um veículo com direção eletromecânica, computador de bordo, sete airbags (frontais, laterais, de cabeça e de joelho - para o motorista), rodas de liga leve de 16 polegadas, sistema ISOFIX para assentos infantis, controle eletrônico de estabilidade (ESC), freios com ABS e EBD, dentre outros.

Entre os opcionais estão pintura metálica (R$ 1.000), sistema de entretenimento MMI (R$ 9.900) e kit conforto, com teto solar, banco de couro e sensor de estacionamento (R$ 10.000). Os dois últimos itens são oferecidos apenas para na versão Attraction.

O A3 Sedan Attraction traz volante multifuncional revestido em couro com paddle-shifts (as conhecidas borboletas)

Painel do A3 Sedan 1.4 TFSI traz volante multifuncional em design de 4 raios

Com o lançamento do A3 Sedan 1.4, a montadora Audi passa a oferecer nove versões do modelo no Brasil, incluindo o esportivo Audi S3.

Teste drive - O ZAP Carros conduziu o A3 Sedan 1.4 TFSI Attraction num percurso entre a região de Valinhos, no interior de São Paulo, até a capital. Durante essa rápida volta foi possível perceber que o rodar do carro é macio e silencioso, e seu design impõe respeito e esbanja esportividade.

Em termos de desempenho, ele não fica aquém do irmão mais velho (Audi A3 Sedan 1.8). Acelerações e retomadas são realizadas sem nenhum tipo de esforço para o motor, e o carro responde bem a todos os comandos de frenagem. Na estrada, em alta velocidade, não é possível notar as mudanças de marchas, e as ultrapassagens e curvas são feitas com segurança. Motorista e passageiros também não sentem incômodos em trechos com irregularidades.

Ao volante, o condutor encontra banco com regulagem de altura e profundidade, painel emborrachado agradável ao toque e aos olhos e volante com botões multifuncionais, que contribuem com  o quesito ergonomia.

LEIA TAMBÉM:

Audi A3 Sedan chega às concessionárias por R$ 116.400

Avaliação: Audi A3 Sportback 1.8 é um espetáculo, mas o “ingresso” custa caro

Remodelado, novo Peugeot 3008 é lançado com preço de R$ 99.990

Categorias: LANÇAMENTOS, Peugeot
Novo Peugeot 3008 chega ao mercado brasileiro em junho por R$ 99.990 (Fotos: Divulgação)

Novo Peugeot 3008 chega ao mercado brasileiro em junho por R$ 99.990 (Fotos: Divulgação)

O novo Peugeot 3008 chega ao Brasil remodelado. O crossover estará disponível nas lojas a partir de junho pelo preço de R$ 99.990 em uma única versão, a Griffe, cheio de itens de série. Esta é a primeira vez que o modelo é repaginado, após três anos do seu lançamento no país.

Segundo o diretor de marketing da Peugeot, Frederico Battaglia, a montadora lançou o carro para competir com os carros do seguimento SUV, e seus clientes, entre homens e mulheres, estão na faixa etária entre 40 e 45 anos com um ou dois filhos. O valor aumentou em R$ 10 mil com relação ao seu último lançamento.

O novo 3008 é equipado com motor 1.6 Turbo High Pressure (THP) 16V, 165 cavalos de força a 6.000 rpm e torque máximo de 24,5 kgfm a 1.400 rpm.  Suas medidas continuam as mesmas, com 4,36 metros de comprimento, 1,64 m de altura e 1,84 m de largura.

Robusto, a principal mudança no design do carro está na parte frontal, agora redesenhada, com para-choques cromados. A marca inseriu, também, faróis de led, rodas de aro 17 polegadas diamantada, teto panorâmico em vidro de 1,6 m e banco de couro com novo design.

Como itens de série, a Peugeot entrega direção eletro-hidráulica, vidros elétricos, ar-condicionado de duas zonas, ajuste de retrovisores elétricos, bancos esportivos, seis airbags, controle de estabilidade, freios de estacionamento elétrico automático, sistema multimídia, sensor de estacionamento e piloto automático com regulador e limitador de velocidade.

Segundo a montadora, o interior do carro foi desenvolvido a partir de uma cabine de avião

Segundo a montadora, o interior do carro foi desenvolvido a partir de uma cabine de avião

Além das modificações no design, a montadora realçou seu logo, deixando mais clean e em uma posição de maior destaque.

Vale destacar o sistema head up display no painel, que exibe todas as informações do carro em uma lâmina translúcida. A inclinação, o recolhimento da tela e a luminosidade da projeção podem ser regulados nas teclas localizadas no console central.

No sistema de segurança, o novo Peugeot 3008 possui controle dinâmico de estabilidade, repartidor eletrônico de frenagem, assistência de frenagem de urgência e assistência antiderrapagem.

O veículo estará disponível nas cores branco nacré, preto onix, cinza alumínio e marrom rich oak.

Teste drive - O ZAP Carros deu uma rápida volta com o novo 3008 e sentiu conforto e segurança na direção. Com boa visibilidade para guiar, o carro permite ajuste de altura e profundidade do volante e do banco.

O painel, com muitos botões e detalhes que lembra um cockpit de um avião, dá todas as informações necessárias ao motorista. É clara a divisão total entre o banco do motorista e do passageiro, que tem um bom espaço e alça de segurança também do lado esquerdo. Outro ponto positivo é para o número de compartimentos do carro.

Sistema head up display no painel mostra todas as informações

Sistema head up display no painel mostra todas as informações

O sistema de multimídia Wip Nav fica em cima do painel e permite uma boa visualização também para os passageiros do banco traseiro, com opção de regulagem. A tela de sete polegadas permite a utilização de aparelhos com USB, bluetooth e navegação por GPS.

Todos os bancos são equipados com cintos de três pontos. Além disso, todos os assentos possuem apoio para a cabeça e apoio de braços central, que dá acesso ao porta-malas, que também é espaçoso e com três módulos para bagagem.

O desempenho do Peugeot 3008 é satisfatório. A reportagem notou que, na estrada, o novo modelo faz, em média, 8,6 km/l. Disponível em câmbio automático, com opção de alavanca tiptronic, o carro tem boa estabilidade, inclusive nas curvas. O sistema de frenagem é eficiente, mesmo em situações extremas, ajudado pela assistência de urgência.

O sistema de assistência ao arranque é interessante e tem suas vantagens. Quando o veículo está parado, ele se mantém brecado por mais dois segundos após a retirada do pé do freio. Já o freio de mão é elétrico e ajuda aos mais esquecidos, com a ativação automática após estacionar.

Peugeot 3008 está disponível em quatro cores diferentes

Peugeot 3008 está disponível em quatro cores diferentes

* O ZAP Carros viajou à convite da Peugeot.

LEIA MAIS:

Volkswagen Saveiro Cross 2015 ganha fôlego com novo motor e itens de série

Nissan New March tem tudo para agradar ao consumidor brasileiro




Copyright © 2015 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0