home do ZAP Carros | Carros Usados, Novos e Seminovos

Avaliação: Hyundai HB20X é opção descolada para a cidade

Categorias: Hyundai, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS

Sabe aquele moço que se faz de aventureiro, anda com prancha de surfe debaixo do braço, mas não sabe surfar? Assim é o Hyundai HB20X (parte de R$ 48.755). Claro que ele tem muitas qualidades, é estiloso e tem motor forte e competente como poucos. Porém, a imagem que ele quer passar de que gosta de enfrentar o mar (ou a terra, no caso do hatch da montadora sul-coreana, mas montado em Piracicaba, SP) é só para impressionar a plateia. Como se ele precisasse disso.

Comportamento do HB20X na pista é tão bom quanto do seu irmão HB20; o hatch tem desempenho excelente e suspensão firme

Comportamento do HB20X na pista é tão bom quanto do seu irmão HB20; o hatch tem desempenho excelente e suspensão firme (Fotos: Olivia Caires/ZAP Carros)

A crítica não é exclusiva à versão cross do HB20, mas sim a outros modelos que também têm apelo aventureiro sem na prática ser. Apesar de querer transparecer esta imagem, o HB20X é, na verdade, uma opção mais descolada do irmão que chegou antes. O conjunto mecânico é o mesmo e o desempenho é tão bom quanto.

Configuração Premium manual 1.6 do HB20X, com câmbio manual, sai por R$ 51.255 (Fotos: Olivia Caires/ZAP Carros)

Configuração Premium 1.6 do HB20X, com câmbio manual, sai por R$ 51.255

Avaliamos a configuração Premium manual 1.6 do HB20X, que é a topo de linha com este tipo de transmissão e sai por R$ 51.255. Durante o teste, pudemos observar que o bom comportamento vem mesmo de família. Como a configuração convencional, o HB20X agrada por seu desempenho. O propulsor flex tem 128 cv, quando abastecido com etanol, e é capaz de desenvolver torque de 16 kgfm, que estão disponíveis a partir de 4.500 rpm. Só para compararmos, o VW CrossFox (R$ 46.067), que é um de seus principais concorrentes, tem potência de 104 cv e força de 15,6 kgfm a 2.500 rpm, quando utilizado álcool para abastecê-lo.

Versão "aventureira" tem as mesmas medidas do HB20, exceto pelos 4 cm que ganhou a mais na distância de altura do solo

Versão "aventureira" tem as mesmas medidas do HB20, exceto pelos 4 cm que ganhou a mais na distância de altura do solo

Assim como a motorização não muda do HB20 para o HB20X, as medidas são as mesmas, exceto pela alteração na altura do solo - o modelo aventureiro ganhou 4 centímetros. Ele continua sendo um carro urbano, apesar da nova roupagem.

O que dá ao HB20X a “cara” de aventureiro são os apetrechos mais ligados ao segmento off-road, como o rack, para-choques com desenho mais robusto, novas rodas de liga-leve de 15″, pedaleira esportiva e apliques de plásticos na lateral, caixa de roda e abaixo da grade central.

Em relação ao HB20, o HB20X recebeu novas rodas de liga-leve, pedaleira esportiva e apliques de plásticos na lateral, caixa de roda e abaixo da grade central

Em relação ao HB20, o HB20X recebeu novas rodas de liga-leve, pedaleira esportiva e apliques de plásticos na lateral, caixa de roda e abaixo da grade central

Tal qual a versão Premium do HB20, a configuração topo de linha do “aventureiro”  traz de fábrica itens como ar- condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, chave canivete, computador de bordo, desembaçador de vidro traseiro, direção hidráulica e conjunto de travas, vidros e retrovisores elétricos.

Isolamento acústico impressiona. O carro se mantém silencioso mesmo quando o motor está desligado

Isolamento acústico impressiona

O excelente isolamento acústico permite silêncio no carro quando o motor é acionado. A tranquilidade também é sentida ao fazer as trocas de marcha do câmbio manual de cinco velocidades. Não há nenhum ruído causado pela transmissão, que se mostra bastante suave. O acabamento também merece destaque, pois conta com componentes de plástico de boa qualidade e não apresenta rebarbas.

Porta-malas tem capacidade de 300 litros

Porta-malas tem capacidade de 300 litros

A suspensão continua firme, como no HB20. O conjunto enfrenta o asfalto mais esburacado sem fazer o passageiro balançar muito. De acordo com a Hyundai, a configuração do hatch faz de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos, quando abastecido com álcool. E ele realmente se mostra esperto. Aos 120 km, por exemplo, o conta-giros ainda marca baixa rotação e sobra motor para as ultrapassagens. Sua velocidade máxima, segundo a montadora, é de 181 km/h.

LEIA MAIS:

Avaliação: Hyundai HB20 1.6 encanta pelo desempenho e design

Hyundai HB20 chega por R$ 31.995 e mira VW Gol e Fiat Palio

Hyundai HB20X parte de R$ 48.755 e chega para incomodar VW CrossFox

Avaliação: Hyundai HB20 1.6 encanta pelo desempenho e design

Categorias: Hyundai, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS
HB20 já é o 7º carro mais vendido do ano, de acordo com a Fenabrava (Fotos: Olivia Caires/ZAP Carros)

HB20 já é o 4º carro mais vendido do ano, de acordo com a Fenabrava (Fotos: Olivia Caires/ZAP Carros)

Aqueles que se encantaram pelo Hyundai HB20 e não resistiram à tentação de comprá-lo vão precisar exercer o dom da paciência até que tenham a oportunidade de estacionar o hatch na garagem. Isto porque as versões Comfort Style e Premium vêm apresentando demora de 90 a 150 dias, de acordo com algumas concessionárias consultadas pelo ZAP Carros. O modelo com motor 1.0 é o que mais costuma atrasar, portanto é o que menos se vê nas ruas. A espera, porém, não impediu que o modelo desfrutasse do sucesso de seu lançamento. O modelo da marca sul-coreana, produzido no Brasil, alcançou o posto de 4º carro mais vendido no mês de fevereiro, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). E não foi à toa.

Configuração Premium 1.6 é a topo de linha do modelo que, com câmbio manual, custa R$ 46.595

Configuração Premium 1.6 é a topo de linha do modelo que, com câmbio manual, custa R$ 46.595

Com seu design e desempenho que impressionam, o HB20 veio para brigar com modelos já consagrados no mercado e que também ocupam as primeiras posições de venda, como o Volkswagen Gol, Fiat Palio e Chevrolet Onix, que foi lançado no final do ano passado. Apesar da forte concorrência, o hatch da Hyundai não desanima e mostra que não é só mais um carro bonitinho. Andamos na versão Premium 1.6, que é a topo de linha e custa R$ 46.595 na opção com câmbio manual.

Uma de suas maiores virtudes é o silêncio que o HB20 oferece na cabine

Uma de suas maiores virtudes é o silêncio que o HB20 oferece na cabine

Por falar em transmissão mecânica, o câmbio de cinco velocidades que equipa o HB20 é extremamente macio, com engates muito precisos que tornam a mudança de marcha prazerosa. Sob o bem desenhado capô, o modelo testado é equipado com motor flex 1.6 16V com comando de válvulas variável (CVVT), de 128 cv (quando abastecido com etanol). O propulsor esperto é protagonista da cena. Ele sabe aproveitar bem o torque de 16,5 kgfm, disponível a 5.000 rpm, e não decepciona em arrancadas e ultrapassagens.

Nesta configuração, modelo é equipado com rodas e estepe de liga-leve

Nesta configuração, modelo é equipado com rodas e estepe de liga-leve

O hatch se comporta bem tanto na estrada quanto na cidade. Sua suspensão é bem ajustada (firme) e o modelo desfila com graça mesmo em trechos mais esburacados, sem causar desconforto aos passageiros. Uma de suas grandes qualidades é o silêncio na cabine que o modelo oferece, mérito do zelo com o isolamento acústico. Até mesmo quando o carro está ligado, mas parado (com o câmbio em “ponto morto”, por exemplo), é difícil dizer se o motor foi acionado, tamanha é a falta de ruído que ele apresenta.

O HB20 consegue chamar atenção pelo visual externo, mas seu interior também foi desenhado com capricho. O material utilizado no acabamento interno é de boa qualidade e agradável ao toque. Espelho com iluminação para passageiro e motorista, compartimento para guardar óculos e suporte para garrafa fazem parte dos itens que agradam o proprietário, na hora de organizar os objetos.

Refletores traseiros dão charme e auxiliam na segurança noturna

Refletores traseiros dão charme e auxiliam na segurança noturna

A combinação de 3,90 metros de comprimento, 2,50 m de entre-eixos, 1,47 m de altura, 1,68 m de largura e 1.420 kg está bem distribuída para um hatch desta categoria. O espaço interno beneficia até mesmo os mais altos, que ficam com suas pernas confortáveis dentro do veículo. Um destaque para o porta-malas de 300 litros, que é maior do que o de seus rivais Fiat Palio (280 l), Chevrolet Onix (280 l) e VW Gol (285 l).

Volante tem ajuste de altura e controle de comandos

Volante tem ajuste de altura e controle de comandos

Mesmo com tantos atrativos, a posição de dirigir deixa a desejar. O hatch até tem um regulador de altura do banco do motorista, mas ele se movimenta muito pouco para cima, o que limita o motorista (de estatura mais baixa do que 1,70 m, por exemplo) na hora de encontrar a melhor postura. Crianças com idade para irem no banco de trás sem cadeirinha também podem reclamar por não conseguirem ver a rua, já que a linha de cintura é alta, deixando a janela em um ponto mais alto do que outros modelos da mesma categoria. Por outro lado, este mesmo perfil confere um visual mais esportivo ao carro.

Porta-malas é maior do que do Fiat Palio, VW Gol e Chevrolet Onix, com 300 litros

Porta-malas é maior do que do Fiat Palio, VW Gol e Chevrolet Onix, com 300 litros

Os cinco anos de garantia sem limite de quilometragem atraem os olhos de muitos consumidores. Além deste benefício que todas as configurações podem contar, a versão Premium é bastante completa, sendo equipada com ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS, conjunto de vidros, travas e retrovisores elétricos, volante com regulagem de altura, computador de bordo, desembaçador traseiro, volante com revestimento de couro e comandos do rádio, rodas de liga-leve, entre outros itens.

AUMENTO DA GAMA - A família está crescendo. O HB20X, que é a versão aventureira do modelo já chegou ao mercado brasileiro, assim como o HB20 sedã (leia mais sobre a novidade aqui)

LEIA MAIS:

Avaliação: Chevrolet Onix 1.4 é o novo sucesso da marca

Partindo de R$ 39.495, sedã Hyundai HB20S chega para brigar com o Chevrolet Prisma

Categorias: Hyundai, LANÇAMENTOS, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS
Hyundai HB20S parte de R$ 39.495 (Fotos: Divulgação)

Hyundai HB20S parte de R$ 39.495 (Fotos: Divulgação)

Uma semana após a chegada da nova geração do Chevrolet Prisma (leia aqui), o Hyundai HB20S chega para apimentar a disputa. Assim como o carro da GM ganhou a versão três volumes, o modelo coreano apresenta agora sua opção sedã, que parte de R$ 39.495. A marca promete a chegada do veículo nas concessionárias para o dia 20 de abril, ou seja, seis meses após o início das vendas da configuração hatch.

Assim como o HB20, sedã oferece duas motorizações, a 1.0 e 1.6

Assim como o HB20, sedã oferece duas motorizações, a 1.0 e 1.6

Apesar da adaptação do HB20 para sedã, o coração que faz o carro acelerar é o mesmo do hatch. Os motores oferecidos ainda são os flex 1.0 de 80 cv e 1.6 de 128 cv, quando abastecidos com etanol, ambos com comando de válvula variável (CVVT). O propulsor que equipa o carro mais potente é capaz de gerar força de 16,5 kgfm, que estão disponíveis a 4.500 rpm, enquanto o modelo 1.0 desenvolve torque de 10,2 kgfm aos 4.500 giros, também quando utilizado álcool como combustível.

Modelo cresceu 33 centímetros de comprimento, em relação ao hatch. Agora ele mede 4,23 metros

Modelo cresceu 33 centímetros de comprimento em relação ao hatch. Agora ele mede 4,23 metros

A versão de entrada do HB20S é a Comfort Plus 1.0 e custa mais cara do que a configuração mais barata do rival Prisma, que é o sedã derivado do Onix e parte de R$ 34.990. A opção equipada com motor 1.6 inicia o preço em R$ 44.995 e pode chegar a R$ 53.995 na versão Premium, com câmbio automático de quatro marchas. A transmissão que equipa os veículos de entrada é a manual de cinco marchas.

Todas as versões do HB20S contam com air bag duplo, ar condicionado, computador de bordo, vidros e travas elétricas e direção hidráulica

Todas as versões do HB20S contam com air bag duplo, ar condicionado, computador de bordo, vidros e travas elétricas e direção hidráulica

As linhas respeitam as mesmas formas do hatch, portanto é possível reconhecer facilmente que ambos são da mesma família. O sedã cresceu 33 centímetros de comprimento, medindo agora 4,23 metros. No entanto, nos quesitos altura (1,47 m), largura (1,68 m) e entre-eixos (2,50 m), as medidas permaneceram as mesmas.

hb20s_hyundai_porta-malas

Porta malas do HB20S é 150 litros maior do que o do HB20, com capacidade de 450 l

A exemplo de sua versão hatch, o HB20S deve conquistar admiradores logo que começar a desfilar pelas ruas. Com equipamentos de série como freios ABS, air bags, direção hidráulica, ajuste de altura do banco do motorista, vidros e travas elétricas, sistema Keyless com chave canivete, sistema de som com conexão Bluetooth, USB e auxiliar, desembaçador traseiro, alarme e garantia de cinco anos, é bastante provável que o modelo caia no gosto do brasileiro.

Além de listar o Chevrolet Prisma como concorrente do HB20S, a Hyundai classifica o VW Voyage, Fiat Grand Siena, Ford Fiesta e Renault Logan como rivais

Além de listar o Chevrolet Prisma como concorrente do HB20S, a Hyundai classifica o VW Voyage, Fiat Grand Siena, Ford Fiesta e Renault Logan como rivais

Assim como os outros modelos da linha HB20, o sedã será produzido na fábrica de Piracicaba, em São Paulo. Com o lançamento do terceiro membro da família, a Hyundai espera conquistar um público composto, na maioria, por homens casados, de 35 a 50 anos, com filhos. A própria marca define a novidade como o carro ideal para “quem não quer ser visto como careta, “velho”".

A expectativa da montadora é de vender 40 mil unidades nos próximos 12 meses, sendo 60% das vendas destinadas ao modelo com motor 1.6.

Versão 1.6 Premium manual, que foi avaliada pelo ZAP Carros, pesa 1.057 kg. Segundo a Hyundai, a configuração alcança velocidade máxima de 189 km/h, quando abastecida com etanol

Versão 1.6 Premium manual, que foi avaliada pelo ZAP Carros, pesa 1.057 kg. Segundo a Hyundai, a configuração alcança velocidade máxima de 189 km/h, quando abastecida com etanol

Impressões ao dirigir - O HB20S honra o nome da família, mantendo o ótimo comportamento nas ruas. Durante um trecho de aproximadamente 50 km, a reportagem do ZAP Carros avaliou a versão Premium 1.6, com câmbio manual. Embora o percurso não apresentasse grandes obstáculos, foi possível sentir que o sedã herdou o bom desempenho do hatch. Ele se manteve firme, com sua suspensão bem ajustada e não hesitou em curvas.

O câmbio manual trabalha bem, de maneira suave e silenciosa. Em aceleradas e retomadas, o sedã responde rapidamente. Segundo a Hyundai, a versão Premium (que é opção apenas para o modelo 1.6), com este tipo de transmissão, tem aceleração de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, quando abastecida com etanol.

Câmbio manual de cinco marchas é macio

Câmbio manual de cinco marchas é macio

O HB20S mostra também que é silencioso como os irmãos; por muitas vezes gera a dúvida no motorista se o motor foi realmente acionado, tal é o silêncio que se ouve dentro da cabine.

Além do competente isolamento acústico, a Hyundai continua dando atenção ao design dos seus modelos e isto é bastante perceptível nos traços do HB20S. As linhas percorrem toda a lateral do sedã, desde a frente do veículo até a traseira, formando um desenho harmônico. Internamente o visual é tão agradável quanto o que se vê por fora.

Versão Premium tem volante com regulagem de altura e profundidade e sensor de estacionamento traseiro

Versão Premium tem volante com regulagem de altura e profundidade e sensor de estacionamento traseiro

Para ganhar porta-malas maior (agora são 450 litros, ou seja, 150 l a mais do que o hatch da mesma linha) e entrar no segmento dos sedans, o HB20S precisou fazer uma adaptação no charmoso desenho da lanterna traseira, que antes era mais “saltada”. O acabamento não foge aos padrões do HB20, com cuidados na qualidade do material utilizado. Apesar da configuração oferecer ajuste de altura do banco, no entanto, a posição mais alta pode não ser suficiente para agradar alguns motoristas.

* Viagem feita a convite da Hyundai

LEIA MAIS:

Hyundai HB20X parte de R$ 48.755 e chega para incomodar VW CrossFox

Categorias: Hyundai, LANÇAMENTOS, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS

A Hyundai mal colocou o HB20 no mercado e já aposta em outra novidade para a família, dessa vez a versão aventureira do hatch, que foi batizado de HB20X. Até o fim de março a fabricante promete a  estreia do sedã. O modelo cross, que se diferencia da versão convencional por detalhes no visual, está disponível com motor 1.6 flex de até 128 cv, quando abastecido com etanol, com opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades. Ao todo são quatro versões de acabamento: Style (R$ 48.755), Style manual (R$51.955), Premium manual (R$ 51.255) e Premium automática (R$ 54.455).

Fique por dentro de outras novidades! Acesse a nossa página no facebook: https://www.facebook.com/zapcarros

Hyundai HB20x (fotos: Divulgação)

Hyundai HB20x entra em produção no dia 28 de janeiro e até o fim de fevereiro já pode ser encontrado nas lojas, de acordo com a fabricante (fotos: Divulgação)

No geral, o anti-CrossFox ficou sutilmente mais “ousado” com o leve apelo off-road. Ele ganhou grade frontal mais larga, rack, os faróis de neblina foram redesenhados, ficou 4 cm mais alto em relação ao solo, recebeu novas rodas de liga leve, o para-choque traseiro também passou por leve alteração no layout, além de molduras pretas espalhadas pela carroceria.

Modelo aventureiro ganhou comandos no volante e pedaleiras cromadas

Modelo aventureiro ganhou comandos no volante e pedaleiras cromadas

Desde a configuração de entrada, o HB20X acrescenta à lista de itens de série: rádio com Bluetooth, comandos no volante, novo acabamento para os bancos, com costura dupla e pedaleiras cromadas. O restante dos equipamentos, que já fazem parte do modelo convencional, saem de fábrica também, como volante com regulagem de altura e profundidade, vidros e travas elétricos, desembaçador traseiro, direção hidráulica, freios ABS com EBD, ar-condicionado, alarme, computador de bordo, ajuste de altura do banco do motorista e retrovisores elétricos.

No geral, ele recebeu poucas modificações na carroceria. Ficou um cross bem discreto

No geral, ele recebeu poucas modificações na carroceria. Ficou um cross bem discreto

De acordo com a montadora, o HB20X recebeu nota “B” no selo do Inmetro (clique e veja mais). Conforme divulga a marca, de 0 a 100 km/h ele faz em 9,8 segundos, quando abastecido com etanol. Para rodar na cidade, com o mesmo combustível, a média é de 7,9 km/l.

NA PISTA - As alterações não foram feitas no conjunto mecânico, o mesmo que equipa o HB20, e nem mesmo nas dimensões do veículo (com exceção da altura do solo, como já mencionado, que facilita na hora de enfrentar certos obstáculos e evitar prejuízos à carroceria).

Avaliamos a versão Premium automática, por cerca de 150 km. A suspensão ficou um pouco mais rígida, nota-se principalmente quando se passa por trechos judiados, comum em áreas não asfaltadas. O motor 1.6 com seus 128 cavalos tem força (16,5 kgfm a 5 mil rpm), no entanto o câmbio automático o “breca” por oferecer apenas quatro velocidades. Em ultrapassagens, quando precisa retomar, o propulsor sente e pede pela quinta marcha. O conta giros sobe e o barulho do motor aponta que ele se esforça mais para tentar revelar sua competência.

Mas, quando não é tão exigido, a caixa automática dá conta do recado e faz as trocas de velocidade sem trancos. Na cidade, por exemplo, desempenha seu papel sem dificuldade.

* viagem feita a convite da Hyundai

LEIA MAIS:

Hyundai HB20 chega por R$ 31.995 e mira VW Gol e Fiat Palio

Hyundai HB20 chega por R$ 31.995 e mira VW Gol e Fiat Palio

Categorias: Hyundai, LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS

Hyundai HB20 traz designer marcante como os outros carros da marca (Fotos: Divulgação)

Hyundai HB20 traz design marcante como os outros carros da marca (Fotos: Divulgação)

Após muito suspense, a Hyundai apresentou sua arma secreta para encarar Volkswagen Gol, Fiat Palio e o novato Toyota Etios (que será revelado oficialmente na segunda-feira). O hatch, batizado de HB20, chega ao mercado com duas opções de motorização: 1.0 de 80 cv, disponíveis aos 6.200 giros, e torque de 10,2 kgfm a 4.500 rpm; e a 1.6 de 128 cv a 6.600 rpm e torque de 16,5 kgfm a 5.000 giros. O primeiro propulsor vem acompanhado de câmbio manual de cinco marchas, já o segundo trem de força oferece a transmissão mecânica e a automática de quatro velocidades. Os dois são bicombustíveis.

HB20 é fabricado em Piracicaba (SP)

HB20 é fabricado em Piracicaba (SP)

A configuração mais simples, que traz o motor 1.0, parte de R$ 31.995 e é equipada de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica, duplo air bag, ajuste de altura do banco do motorista, porta-objetos e abertura interna do tanque de combustível.

A opção topo de linha, equipada com motor 1.6 e câmbio automático, custa R$ 47.995 e acrescenta sensor de estacionamento, freios ABS, rádio, farol de neblina, ar-condicionado, volante com regulagem de altura e profundidade, banco traseiro bi-partido, volante com revestimento de couro e comandos do rádio. A marca afirma que todas as versões terão 5 anos de garantia sem limite de quilometragem.

Banco do motorista tem uma gaveta,como no VW Fox, para guardar objetos

Banco do motorista tem uma gaveta,como no VW Fox, para guardar objetos

De acordo com a Hyundai, o único opcional é o sistema de áudio, que custa R$ 995. A marca afirma que todas as versões terão 5 anos de garantia sem limite de quilometragem. As vendas começam no próximo dia 10.

IMPRESSÃO: O design e os cinco anos de garantia são os destaques do modelo para tentar derrubar seus rivais VW Gol e Fiat Palio. Mas o HB20 não é apenas bonito, ele sabe desempenhar. Testamos a versão 1.6 (mesmo que equipa Kia Soul) com câmbio manual de cinco velocidades. O conjunto mecânico está alinhado e agrada muito. O propulsor tem força e não aponta cansaço em nenhum momento, graças ao torque de 16,5 kgfm (quando abastecido com etanol). As marchas são alongadas e aproveitam tudo que o trem de força tem a oferecer, sem desperdício.

Aos 120 km por hora o motor se quer pedia arrego, não demonstrava cansaço. O isolamento acústico não deixou a desejar e o espertinho HB20 agradou também na suspensão firme. O espaço interno é na medida para o segmento, nada que surpreenda. São 3,9 metros de comprimento, 1,68 m de largura, 1, 47 m de altura e 2,50 m de entre-eixos. O porta-malas tem 300 litros (20l  mais do que o Gol, por exemplo).

No quesito acabamento, ele merece elogios. O bom gosto e os cuidados não revelam rebarbas ou qualquer outra falha na cabine. O painel de instrumentos é esportivo e se harmoniza com a área do sistema de som. No entanto, a parte onde estão os comandos de ar-condicionado não segue o mesmo estilo do restante da cabine, poderia ser mais caprichado.

A ergonomia é outro ponto positivo do carro de entrada da Hyundai. O ajuste do banco do motorista é feito por uma roldana e a posição é fácil de ser encontrada. Os comandos estão próximos, não é necessário qualquer esforço para abrir os vidros ou mudar a música do rádio.

HB20 é fabricado em Piracicaba

A versão de motor 1.0 só tem câmbio manual, já a 1.6 traz opção de transmissão mecânica e automática

Confira o preço de cada versão:

Comfort 1.0: R$ 31.995

Comfort Plus 1.0: R$ 33.995

Comfort Style 1.0: R$ 37.995

Comfort 1.6: R$ 36.995

Comfort Plus 1.6: R$ 38.995

Comfort Style 1.6: R$ 42.995

Comfort Style 1.6 automático: R$ 45.995

Premim 1.6: R$ 44.995

Premium 1.6  automático: R$ 47.995

A versão de motor 1.0 só tem câmbio manual

*Viagem a convite da Hyundai

LEIA MAIS:

Toyota apresenta o Etios, carro mais barato da marca

Conheça o Hyundai HB20, rival do VW Gol e Fiat Palio

Novo VW Gol e Voyage mudam visual e ganham novo motor




Copyright © 2014 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0