home do ZAP Carros | Carros Usados, Novos e Seminovos

Avaliação: Volkswagen Saveiro Cross 2015 ganha fôlego com novo motor e itens de série

Categorias: TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS, Volkswagen

Com a promessa de ser a picape compacta com mais recursos de segurança do Brasil, a Volkswagen Saveiro Cross 2015 (versão topo de linha), chegou ao mercado com um novo motor (chamado de 1.6l MSI) e com novos itens de série, que prometem transmitir mais segurança ao motorista e tentar fazer frente à primeira colocada do segmento (Fiat Strada), de acordo com o ranking da Fenabrave, - carro que pela primeira vez na história fez o mercado automotivo brasileiro ser liderado por uma picape, emplacando 13.019 unidades. Tal recorde foi registrado pela Renavam em março deste ano.

Volkswagen manteve o visual da Saveiro Cross 2015, mas recheou o carro com um generoso pacote de itens de série (Fotos: Divulgação)

Volkswagen manteve o visual da Saveiro Cross na linha 2015, mas recheou o carro com um generoso pacote de itens de série (Fotos: Divulgação)

O ZAP Carros checou o desempenho do utilitário aventureiro da Volks, cujo preço parte de R$ 53.990, disponível apenas com a cabine estendida. Ao contrário da versão anterior, que ganhou ajustes apenas no visual, a nova Saveiro Cross aposentou o antigo motor 1.6 de 104 cv e vem com o já citado motor flex 1.6I MSI, de quatro cilindros e 16 válvulas, com câmbio manual de cinco marchas. Agora mais potente, a picapinha carrega 16 cv a mais, disponíveis aos 5.750 rpm (quando abastecido com etanol), gerando torque máximo de 16,8 kgfm a 4000 rpm. Quem optar pela gasolina atingirá potência máxima de 110 cv a 5.700 rpm, com torque máximo de 15,8 kgfm a 4000 rpm.

A picape leva 10 segundos para acelerar de 0 a 100 km, com velocidade máxima de 182 km/h, segundo medição da Volks. Em trechos urbanos, ela tem uma performance bastante satisfatória e mostra que tem força de sobra para fazer ultrapassagens e retomadas sem sufoco. Nas saídas, especialmente em trechos íngremes, o automóvel inicia o percurso sem grandes esforços, mérito do assistente para partida em subida (HSA), um dos novos itens que o comprador leva de fábrica.

Além do pacote de série, Saveiro Cross 2015 chega com o novo motor motor flex 1.6I MSI, de quatro cilindros e 16 válvulas

Além do pacote de série, Saveiro Cross 2015 chega com o novo motor motor flex 1.6I MSI, de quatro cilindros e 16 válvulas

A lista de série fica completa com outras novidades, como os freios a discos nas quatro rodas (presente em todos os veículos da linha Saveiro), controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema de freios ABS com função off-road (que otimizam o desempenho da frenagem em estradas não pavimentadas), sistema de assistência à frenagem (BAS) e controle de tração (ASR). Controlador de velocidade de cruzeiro está na relação de novos opcionais.

O motorista encontra boa posição para dirigir na Saveiro Cross e alcança com facilidade todos os comandos, como ar-condicionado e rádio (que vem com bluetooth e entrada USB). O painel de instrumentos é bem localizado e de fácil leitura.

O volante, com direção hidráulica, é bem ajustado e segue com precisão os movimentos das mãos do condutor.  Os botões de som e telefone estão bem posicionados e contribuem com o quesito ergonomia. Neste quesito, a falha vai para o assento do motorista, que possui apenas ajuste de profundidade.

No volante, motorista encontra botões de som e telefone, que contribuem com o quesito ergonomia

No volante, motorista encontra botões de som e telefone, que contribuem com o quesito ergonomia

O câmbio engata cada uma das cinco marchas de forma precisa e suave. No geral, o carro pode ser considerado silencioso e se mostra estável em terrenos irregulares, ou seja, não transfere pequenos impactos aos passageiros, revelando um bom ajuste de suspensão. Vale ainda destacar que a picape possui sensor de estacionamento traseiro, que pode facilitar a vida de quem levar, na caçamba, uma carga capaz de comprometer a visualização pelo retrovisor.

Apesar de comportar apenas dois passageiros, a Saveiro Cross oferece um bom espaço para armazenar pequenas bagagens atrás dos bancos. Derivada de um dos hatches compactos mais vendidos do Brasil (WV Gol), a picape tem 4,51 m de comprimento, 1,89 de largura, 1,50 de altura e 2,75m de distância entre eixos. A caçamba, que possui uma capota marítima de boa qualidade, pode armazenar 734L.

De fato, o novo motor e o generoso pacote de itens de série dão mais credibilidade à Saveiro Cross, mas a robustez visual da Fiat Strada e sua oferta de terceira porta na versão cabine dupla são alguns diferenciais que dão ainda mais status à líder do segmento.

LEIA TAMBÉM:

Volkswagen up! passa a ter versões com duas portas e com câmbio automatizado

Volkswagen apresenta a linha 2015 dos modelos Gol, Voyage e Saveiro

Mitsubishi L200 Triton recebe novo câmbio e motor mais potente

Categorias: LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS

A Mitsubishi apresentou nesta semana as novidades na linha 2014 da picape L200 Triton, que envolvem motor e câmbio.

Picape traz mudanças no motor e câmbio na linha 2014 (Fotos: Divulgação)

Picape traz mudanças no motor e câmbio na linha 2014 (Fotos: Divulgação)

O novo bloco 3.2, a diesel, passa a ter 180 cv e 38 kgfm, com opção de câmbio automático de cinco marchas (com modo Sport)  e manual. Por fora, a alteração fica com a nova grade, para choque e faróis de neblina. As rodas de liga leve 16″ possuem novo desenho e os retrovisores têm rebatimento elétrico e sinalizadores em led.

A versão flex é equipada com o motor 3.5 V6 com 205 cv e torque de 33,5 kgfm. De acordo com a marca, o tanque também está 20% maior, agora com capacidade para 90 litros. Os bancos ganham um novo design, A L200 Triton HPE vem com os novos bancos em couro, kit multimídia com GPS, rádio, CD, DVD, Bluetooth, além de ar-condicionado automático, direção hidráulica, piloto automático e comandos de áudio integrado ao volante.

A L200 Triton vem com keyless para abertura e fechamento das portas, botão one touch para acionamento dos vidros elétricos, travamento central das portas e travamento automático das portas por velocidade.

Segundo a fabricante, o conjunto de suspensão tem o sistema SDS (Sport Dynamic Suspension), que reduz o movimento da carroceria e deixa o veículo ainda mais estável, tanto no asfalto como no uso off-road. A picape conta também com o LSD Hybrid no diferencial traseiro, que permite a transposição de obstáculos severos, já que transfere automaticamente a tração para a roda que necessita de mais força.

Confira os preços de todas as versões:

L200 Triton HPE 3.2 Diesel A/T - R$ 126.990

L200 Triton HPE 3.2 Diesel M/T - R$ 116.990

L200 Triton HPE 3.5 Flex A/T - R$ 103.990

L200 Triton Savana - R$ 116.990

L200 Triton 3.2 Diesel GLS - R$ 99.990

L200 Triton 3.2 Diesel GLX - R$ 91.990

L200 Triton 2.4 Flex HLS - R$ 76.990

L200 Triton GL - Sob consulta, venda direta.

LEIA MAIS:

Procurando uma picape? Veja qual dos seis modelos avaliados leva a melhor neste comparativo

Volkswagen apresenta nova Saveiro por R$ 33.490

Categorias: LANÇAMENTOS, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS, Volkswagen

Nova Saveiro parte de R$ 33.490 (Fotos: Divulgação)

Nova Saveiro parte de R$ 33.490 (Fotos: Divulgação)

Volkswagen Saveiro completou 30 anos em 2012, ano em que a marca vendeu 66.436 unidades da picape, de acordo com a Fenbrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Para aumentar a competitividade com a Fiat Strada e Chevrolet Montana, o modelo da marca alemã faz mudanças no visual da linha 2014 e oferece novos itens de série.

O preço sofreu um pequeno reajuste, passando de R$ 33.340 para R$ 33.490, na versão de entrada. As alterações externas não foram muito drásticas, mas podem ser observadas no desenho do novo capô e nas grades e para-choque dianteiros.

Versão Cross é a topo de linha e só está disponível com cabine estendida. Esta configuração parte de RE 48.990

Versão Cross é a topo de linha e só está disponível com cabine estendida. Esta configuração parte de R$ 48.990

A versão de entrada (oferecida com cabine simples ou estendida) é equipada com novos faróis de moldura escurecida. O para-choque dianteiro é pintado em preto para oferecer uma imagem de um carro mais robusto.

O pacote Trend adiciona à configuração de entrada faróis de parábola dupla, com moldura escurecida e para-choque na mesma cor da carroceria. A versão Trooper, somente disponível em cabine estendida (assim como a Cross, que é topo de linha), tem para-choque na mesma tonalidade do veículo, mas a pintura inferior é preta.

Saveiro Cross tem faróis auxiliares de dupla ação (neblina e milha)

Saveiro Cross tem faróis auxiliares de dupla ação (neblina e milha)

A opção Cross ganhou novo aplique central no para-choque e acrescentou grandes faróis auxiliares de dupla função (neblina e longo alcance). A grade do radiador é do estilo colmeia, para reforçar o visual aventureiro da picape.

A picape ganhou arquitetura eletrônica mais moderna, que controla as funções de conveniência e segurança do veículo, como o detector de colisões. Caso haja algum acidente, o equipamento ativa as luzes de alerta automaticamente e destrava as portas.

Versão com cabine simples tem 4,49 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,49 m de altura e 2,75 m de entre-eixos

Versão com cabine simples tem 4,49 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,49 m de altura e 2,75 m de entre-eixos

Assim como no Gol, o ECO Confort está presente na nova Saveiro. O novo item dá dicas para o motorista guiar de maneira mais econômica. O rádio também é o mesmo que equipa o hatch e o Voyage, com sistema bluetooth e entrada USB e auxiliar.

Apesar das alterações no visual, o trem de força não mudou. O motor continua o mesmo 1.6 l flex, de 104 cv e torque de 15,6 kgfm a 2.500 rpm, quando abastecido com etanol. Todas as versões são equipadas com câmbio manual de cinco marchas.

Como itens de série, a picape passa a oferecer, desde a versão de entrada, tampa da caçamba com amortecimento, travas elétricas e contra giros. A opção mais barata é equipada com regulagem de altura do banco do motorista e vidros e retrovisores elétricos. Com o pacote Trend, a lista de equipamentos evolui com o apoio da direção hidráulica e chave canivete, além de retrovisores, maçanetas e frisos laterais na cor do veículo.

Picape utiliza mesma plataforma do VW Gol e Voyage

Picape utiliza mesma plataforma do VW Gol e Voyage

A configuração Trooper, que é a intermediária, oferece direção hidráulica como item de série, assim como air bags, freios ABS, rodas de liga-leve, sistema de som I-System, entre outros. Já a versão topo de linha adiciona ar-condicionado, luzes de direção incorporadas aos retrovisores, sensor traseiro de estacionamento, alarme, pedais de alumínio e coluna de direção com ajuste de altura e profundidade.

A maior rival no segmento, a Fiat Strada, deve acirrar a concorrência com a Saveiro muito em breve. A picape que é líder da categoria está se preparando para apresentar ao mercado a versão com três portas.

Picape oferece tampa da caçamba com amortecimento desde a versão de entrada

Picape oferece tampa da caçamba com amortecimento desde a versão de entrada

IMPRESSÕES- Aceleramos a Saveiro em um trecho de aproximadamente 140 km. Dirigimos a versão de entrada com acabamento Trend em metade do percurso e,  na outra parte, tivemos a oportunidade de conduzir a configuração Cross.

Como ambas são equipadas com a mesma motorização, não houve diferença na dirigibilidade. O propulsor reage bem em trechos de ultrapassagens, assim como em percursos de terra molhada. O trem de força se prontifica a trabalhar em cada acelerada e se esforça para utilizar todo o seu torque; aos 100 km/h, a rotação ficou na casa dos 3.200 rpm.

Ar-condicionado é item de série somente na versão topo de linha

Ar-condicionado é item de série somente na versão topo de linha

O câmbio tem engates precisos e a suspensão demonstrou estar bem ajustada. Em trechos de terra esburacada, ela absorveu bem o impacto e não transferiu o tranco aos passageiros. Mesmo em velocidade acima dos 100 km/h, a picape se mostrou estável e não apresentou rolagem na carroceria.

O acabamento merece destaque pelo cuidado no material escolhido, de toque agradável e sem rebarbas. O espaço interno é bom tanto para o motorista quanto o passageiro. As versões de cabine estendida oferecem compartimento espaçoso atrás dos bancos, sendo possível colocar itens como uma mala pequena. O condutor encontra facilmente uma boa posição para dirigir, principalmente na opção Cross, que tem banco com ajuste de altura.

* Viagem feito a convite da marca

LEIA MAIS:

Fiat Strada ganha série especial Mangalarga Marchador

Chevrolet Montana ganha da Fiat Strada em duelo de picapes pequenas

Fiat Strada ganha série especial Mangalarga Marchador

Categorias: LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS

A picape Fiat Strada ganha em sua gama a série especial Mangalarga Marchador nas versões Trekking 1.6 16V cabine estendida (R$ 46.550) e a Adventure 1.8 16V cabine dupla (R$ 59.440). Em parceria inédita com a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), o público-alvo para esta série, de acordo com a marca, inclui os associados desta entidade, criadores, cavaleiros, apreciadores da raça e o produtor rural.

A série especial traz rodas de liga leve com pintura exclusiva, rádio com leitura de CD e MP3, faróis biparábola com moldura e canhões negros, volante em couro com comandos do rádio (6 botões) e retrovisores externos elétricos. A série ainda é identificada por um adesivo trazendo o logotipo Mangalarga Marchador no para-lama traseiro, nos sobretapetes e na soleira das portas. Os bancos dianteiros também possuem o símbolo bordado (na versão Adventure os bancos são em couro).

Fiat Strada ganha versão especial (Foto: Divulgação)

Fiat Strada ganha versão especial (Foto: Divulgação)

A série especial Mangalarga Marchador na versão Adventure cabine dupla traz ainda o diferencial blocante Locker, teto-solar e capota marítima. Já a versão Trekking cabine estendida ganha também janela traseira corrediça e ar condicionado (itens de série na Adventure).

Também fazem parte do modelo: air bag duplo, freios ABS, direção hidráulica, travas e vidros elétricos, pneus de uso misto e suspensão elevada.

LEIA MAIS:

Nissan Frontier ganha série especial 10 anos, que parte de R$ 95.990

Categorias: LANÇAMENTOS, Nissan, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS
Chega às lojas este mês a versão especial de 10 anos da picape Nissan Frontier. A novidade traz um design diferenciado e mais equipamentos de série. São duas versões de acabamento: a SV Attack (com trações 4×2 e 4×4) e a SL AT (4×4), que custam R$ 95.990, R$ 104.190 e R$ 124.990, respectivamente.
Nissan Frontier ganha versão especial em comemoração aos seus anos de mercado (Foto: Divulgação)

Nissan Frontier ganha versão especial em comemoração aos seus anos de mercado (Foto: Divulgação)

Na dianteira, o modelo recebeu novos design do para-choque, dos faróis de neblina e da grade. As rodas de liga leve também foram repaginadas. Outros detalhes são os frisos na cor da carroceria, as lanternas com máscara negra e a logomarca de “10 anos” na carroceria. Por dentro, painel e equipamentos foram redesenhados e os bancos de couro também ganharam o logo “Frontier”.
A lista de itens de série acrescenta ar-condicionado de duas zonas (na versão topo), direção hidráulica com ajuste de altura e a chave presencial inteligente I-Key (também só na versão mais cara). A SL 4×4 AT tem ainda câmera de ré com visualização no console central (no sistema multimídia, com rádio, MP3, entrada auxiliar) e piloto automático no volante e controle eletrônico de estabilidade. Air bag e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) são equipamentos que saem de fábrica desde a versão de entrada.
A picape ganhou logo da versão comemorativa, que fica na tampa traseira

A picape ganhou logo da versão comemorativa, que fica na tampa traseira

A linha Nissan Frontier é equipada com o motor 2.5 16V turbodiesel. As opções com tração integral são programadas para gerar potência de 190 cv a 3.600 rpm com torque máximo de 45,8 kgfm a 2 mil rpm, enquanto as 4×2 entregam 163 cv a 3.600 rpm a 41,09 kgfm a 2 mil rpm.
Avaliamos a configuração SV Attack 4×4 e, assim como a opção SE Attack 4×4 também já testada por ZAP Carros, o motor 2.5 turbo diesel de 190 cv é seu principal destaque. Robusto e com força (45,8 kgfm) para dar e vender, não há desafio que não seja superado. Em baixa rotação já encontramos o trem de força trabalhando a todo vapor, perto dos 2 mil rpm. Em desempenho, ele pode comemorar.
A versão dos “10 anos”, como já dito acima, traz apenas uma leve plástica no visual e ganho de alguns itens (na opção SV Attack 4×4, por exemplo, os equipamentos mais interessantes não fazem parte de sua realidade, como banco de couro e câmera de ré). O câmbio continua o mesmo de antes, manual de seis marchas e desafiador de paciência, pois os engates são feitos de maneira bruta e grosseira. Para conseguir a ré, é preciso força no muque. Quem sabe para o próximo aniversário, o equipamento receba melhorias, assim como a suspensão que sacode bastante os passageiros e o isolamento acústico que traz com intensidade o barulho do motor a diesel. Por outro lado, o espaço interno e a ergonomia são pontos positivos.
LEIA MAIS:

Entenda as funções dos ângulos dos 4×4




Copyright © 2014 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0