home do ZAP Carros | Carros Usados, Novos e Seminovos

Conheça os carros que estão na novela Avenida Brasil

Categorias: Carros de famosos, ESPECIAIS

As maldades da Carminha (Adriana Esteves) estão famosas na novela Avenida Brasil, que vai ao ar de segunda a sábado, por volta das 21h na Rede Globo. No entanto, quem acompanha as novidades do mundo automotivo não fica atento só a trama, é capaz de reconhecer também alguns dos modelos que desfilam por lá. Tem automóvel para todos os gostos e classes sociais, de Volkswagen Kombi a Range Rover Evoque. Para quem gosta de carro, ele não é só um coadjuvante. Confira quais são os modelos que as personagens dirigem:

Kia Soul

Kia Soul (Fotos: Divulgação)

Kia Soul (Fotos: Divulgação)

A Kia está bastante presente na novela das oito. Ao todo são 26 carros da montadora disponíveis para a Globo atualmente. O personagem Iran (Bruno Gissoni) tem um Kia Soul, modelo que vem com motor 1.6 de 128 cv (R$ 59 mil).

Jeep Cherokee

Jeep Cherokee

Jeep Cherokee

O Tufão (Murilo Benicio) tinha um Jeep Cherokee versão Limited no início da novela. O modelo 2012 custa R$ 119.900 e tem motor V6 de 3.7.

Kia Sorento

Kia Sorentp

Kia Sorento

A mesma personagem de Murilo Benicio agora desfila com um Kia Sorento, SUV automático que parte de R$ 104.900. O modelo da marca sul-coreana está disponível no mercado nos motores 2.4 e 3.5.

Kia Sportage

Kia Sportage

Kia Sportage

O galã Jorginho (Cauã Reymond) anda em um Kia Sportage, SUV compacto que este ano ganhou motor flex e câmbio manual de seis velocidades. Com 178 cv, o carro custa R$ 87.900.

BMW Z3

BMW Z3

BMW Z3

Uma das mulheres do Cadinho, a Alexia (Carolina Ferraz), já apareceu na novela com uma BMW Z3. O conversível estreiou em 1995 e a última unidade foi produzida no dia 28 de junho de 2002. A geração atual do carro é o Z4, que tem motor  2.5, com 24 válvulas e potência de 204 cv. Seu preço é R$ 218.050.

Kia Optima

Kia Optima

Kia Optima

A vilã da Avenida Brasil, a Carminha (Adriana Esteves) utiliza o sedã Optima que foi lançado no começo deste ano pela Kia. Ele é automático e tem motor 2.4 de 16 válvulas e é abastecido com gasolina. O carro tem 180 cv e sai por R$ 104.900.

Range Rover Evoque

Range Rover Evoque

Range Rover Evoque

O luxuoso carro britânico também empresta seu visual para o Cadinho (Alexandre Borges). Como já dissemos antes (leia a avaliação do Evoque), o crossover é do tipo ”pra casar”, assim como a personagem, que é casado com três mulheres! Com potência de 240 cv em seu motor 2.0, o modelo parte de R$ 164.900.

Kia Cadenza

Kia Cadenza

Kia Cadenza

O Max (Marcello Novaes) tem um Kia Cadenza, que é um sedã de luxo com propulsor 3.5 V6 de 290 cv. Seu preço inicial é R$ 124.900.

Kia Carnival

Kia Carnival

Kia Carnival

A minivan Kia Carnival, de sete lugares, leva a família de Leleco (Marcos Caruso). O modelo tem motor 3.5 V6, de 276 cv. Seu preço é R$ 119.900.

Volkswagen Kombi

VW Kombi (Foto: Jornal Extra)

VW Kombi (Foto: Jornal Extra)

A família de Leleco já utilizou uma VW Kombi para ir a Cabo Frio (RJ). O modelo que apareceu na novela é do final da década de 60, com motor 1.5, transmissão manual de quatro marchas e 53 cv, na versão Standard. Atualmente, uma Kombi parte de R$ 39.950.

Scooter Lon-V Retrô

Scooter Lon-V Retrô

Scooter Lon-V Retrô

A personagem de Debora Falabella anda em uma Scooter Lon-V Retrô, que tem transmissão automática continuamente variável (CVT).

Kia Picanto

Kia Picanto

Kia Picanto

Olenka (Fabíula Nascimento) dirige o Kia Picanto, hatch que chegou ao mercado em 2004. O flex 1.0 tem 80 cv e está na segunda geração, partindo de R$ 38.900.

LEIA MAIS:

Confira a avaliação do tuc-tuc

Veículos preparados para a novela “Caminho das Índias” são obras de imaginação

Novo Honda CR-V agora oferece versão com câmbio manual

Categorias: Honda, LANÇAMENTOS, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS

CR-V é produzido no México (Fotos: Divulgação)

CR-V é produzido no México (Fotos: Divulgação)

Cinco cavalos a mais. Este foi o aumento na potência do novo CR-V, que a Honda apresentou nesta quinta-feira, em Campinas (SP). Com 155 cv a 6.500 rpm, a quarta geração do SUV da montadora japonesa desenvolve torque de 19,4 kgfm a 4.300 rpm, enquanto o antecessor gerava o mesmo a 4.200 rpm. “O motorista consegue extrair 80% do torque em até 2.000 rpm”, afirma Alfredo Guedes, engenheiro do departamento de relações institucionais da marca. Desta maneira, o veículo ficou mais potente.

A nova geração vem com mudança nos faróis dianteiros, que agora estão unidos às grades.

A nova geração vem com mudança nos faróis dianteiros, que agora estão unidos à grade

Modelo apresenta ótima ergonomia, deixando tudo de fácil acesso ao motorista

Modelo apresenta ótima ergonomia, deixando tudo de fácil acesso ao motorista

O motor continua 2.0 16V i-VTEC, mas foi reconstruído para melhorar a queima de combustível, de acordo com a Honda. Uma das principais novidades é a chegada do câmbio manual de seis marchas para a versão LX, que não existia na geração anterior e custa R$ 84.700. A mesma configuração com transmissão automática, de cinco velocidades, parte de R$ 87.900 e a EXL 4WD, que tem tração integral, sai por R$ 102.300.

Lanternas estão maiores na quarta geração do CR-V

Lanternas estão maiores na quarta geração do CR-V, desenho lembra o da lanterna do Volvo XC60 (Foto: Olivia Caires/ZAP Carros)

Embora a Honda tenha inovado com a versão de câmbio mecânico, a expectativa da marca é de que, de todas as versões vendidas, somente 5 a 8% sejam do novo produto, enquanto o restante (cerca de 90%) deve se dividir entre as configurações automáticas 4×2 e 4×4.

Rodas de todas as versões tem aro 17"

Rodas de todas as versões tem aro 17" (Foto: Olivia Caires/ZAP Carros)

Diferente de seu concorrente Kia Sportage, que é flex, o SUV da Honda vem somente com a opção a gasolina. Entretanto, o CR-V traz o botão Econ, assim como no Civic, que promete economia no consumo de combustível. A montadora não divulga de quanto é essa redução, mas explica que quando acionado, o sistema gerencia o comportamento mecânico e o funcionamento do ar-condicionado.

Além da novidade, a fabricante traz, somente para a versão 4×4, controle de estabilidade e um assistente de partida em rampa, o qual segura o freio por cerca de dois segundos após o motorista soltar o pedal e o auxilia a fazer uma saída tranquila, sem que haja uma arrancada brusca.

Mesmo a versão de entrada traz o sistema i-Mid, com uma tela para câmera de ré. A configuração EXL mostra neste equipamento também as informações do computador de bordo, além do proprietário poder incluir até três fotos na memória do HD. O modelo LX traz farol de neblina como opcional, enquanto o topo de linha traz este item de fábrica. No entanto, a configuração mais em conta vem bem equipada, com farol automático, ABS e EBD, piloto automático, alarme, ar-condicionado e roda 17″.

Modelo vem equipado com o sistema Econ, que promete economia no combustível

Modelo vem equipado com o sistema Econ, que promete economia no combustível (Foto: Olivia Caires/ZAP Carros)

A Honda garante que nenhuma peça tenha sido reaproveitada da terceira geração, lançada há cinco anos. Durante curto percurso em pista de autódromo em Itupeva (SP), o ZAP Carros testou a principal novidade da quarta geração e constatou que a troca de marcha no câmbio manual é feita de maneira tranquila e a alavanca não é dura, pelo contrário. Embora a geração passada já trouxesse um carro confortável, o novo CR-V tem um acabamento mais bonito, sem rebarbas e utiliza melhor o espaço interno com compartimentos para guardar objetos. Além disso, a marca eliminou o freio de pé e voltou a ter o de mão, que é muito mais prático.

O botão D3 ajuda em ultrapassagens, colocando o carro em torque máximo

O botão D3 ajuda em ultrapassagens, colocando o carro em torque máximo (Foto: Olivia Caires/ZAP Carros)

O CR-V ficou 4,5 centímetros mais comprido do que a geração passada, medindo agora 4,57 metros. Diminuiu 3 cm de altura, porém não mexeu na distância entre os eixos, nem mesmo na largura. Os bancos traseiros agora são rebatíveis, mas nem precisaria, já que o porta-malas é bastante espaçoso e tem capacidade de 589 litros.

Porta mala ganhou aumento de cerca de 30 litros na capacidade de bagagem

Porta -malas ganhou cerca de 30 litros na capacidade de bagagem

A direção elétrica ajuda o SUV a fazer manobras muito macias. O braço de suspenção está mais longo e os amortecedores foram reposicionados. O efeito disso é uma viagem mais firme e confortável.

Ambas as versões trazem freio ABS e sistema EBD, que distribui a força da frenagem de maneira uniforme

Todas as versões trazem freio ABS e sistema EBD, que distribui a força da frenagem de maneira uniforme

*Viagem feita a convite da marca

LEIA MAIS:

Honda CR-V LX supera Chevrolet Captiva Ecotec

Kia Sportage 2012 ganha motor flex e câmbio manual de seis velocidades

Kia Sportage 2011: evolução acima da média

Categorias: Kia, TESTES E AVALIAÇÕES, TODAS AS NOTÍCIAS
Kia Sportage está em sua terceira geração

Kia Sportage está em sua terceira geração

O novo Kia Sportage é um dos seis lançamentos que a empresa colocará no mercado brasileiro até o final de 2011, expandindo o leque de produtos da marca. Por aqui, chegará com motor 2.0 16V e duas opções de transmissão: manual e automática. O ZAP Carros já avaliou a novidade em um trecho urbano entre São Paulo e Campos do Jordão, oportunidade em que foi possível avaliar o bom desempenho do propulsor e da suspensão em trechos de longas subidas.

025

033

Em sua terceira geração, o Sportage nunca esteve em tão boa forma. Apesar das boas vendas em 2009, o modelo anterior (lançado em 2004) não tinha o design entre seus pontos fortes. A partir de 2010, no entanto, passa a ser uma referência de estilo na categoria. O principal adversário é o Hyundai ix35, conterrâneo com o qual divide a plataforma, mas o Chevrolet Captiva, Honda CR-V e Toyota RAV4 também estão em sua mira.

spo

Na avaliação do ZAP Carros, o propulsor 2.0 mostrou-se adequado ao veículo, mas não arranca suspiros de quem está esperando esportividade. Neste quesito, a boa surpresa vem do ajuste da suspensão e do comportamento da carroceria quando o acelerador sofre abusos. Em curvas o Sportage assemelha-se mais a um hatch do que um utilitário, dada a precisão e agilidade da direção. Com 20,1 kgfm a 4.600 rpm e 166 cv a 6.200 giros, as retomadas de velocidade são aceitáveis, mas o ruído que invade a cabine incomoda um pouco, sobretudo com a transmissão automática.

SUV sul-coreano foi eleito o Utilitário do Ano 2011

SUV sul-coreano foi eleito o Utilitário do Ano 2011

Lado a lado com o Sportage de 2ª geração (esq.), evolução no design mudou da água para o vinho (Foto: Ulisses Cavalcante)

Lado a lado com o Sportage de 2ª geração (esq.), evolução no design é o destaque (Foto: Ulisses Cavalcante)

O avanço tecnológico sob o capô também é notável. O motor é dotado de comando duplo de válvulas com abertura variável e a transmissão automática de seis velocidades tem controle sequencial. No caso da versão 4×4, a tração é integral.

Com a nova plataforma, o Sportage está 90 mm mais longo que o antecessor, com 4,445 metros de comprimento. Também ficou mais largo e mais baixo. Agora são 1,855 m de largura e 1,635 de altura.

063

No primeiro catálogo para o mercado brasileiro, estão disponíveis cinco configurações, nas  versões LX e EX. A mais em conta é a LX 4×2 manual, partindo de R$ 83.900. Com câmbio automático, o preço sobe para R$ 87.900. Ambas têm air bags duplos e freios a disco nas quatro rodas com ABS. Por R$ 97.900, o ar-condicionado é digital, os bancos são de couro, as rodas são de 18 polegadas e o assento do motorista tem ajuste elétrico. A opção mais cara é o Sportage EX 4×4 automático, com valor sugerido de R$ 103.400.

Ontem o Kia Sportage foi escolhido como o Utilitário do Ano 2011, prêmio dado pela revista Autoesporte, da Editora Globo.

Toyota RAV4 ganha versão 4X2, mas continua com a mesma cara

Categorias: LANÇAMENTOS, TODAS AS NOTÍCIAS, Toyota
RAV4 4X2

Toyota RAV4 4X2

A nova linha do utilitário esportivo Toyota RAV4 chega às lojas nesta terça-feira mais equipado e com mais um novo modelo: tração 4X2. O SUV, em ambas as versões, traz motor 2.4 16V VVT-i de 4 cilindros, que gera 170 cv a 6.000 rpm, com torque de 22,8 kgf.m a 4.000 rpm, com transmissão automática de 4 velocidades e com controle eletrônico Super ECT, que seleciona a marcha adequada para uma melhor relação entre tração, segurança e consumo. O preço da versão o 4X2 parte de R$ 92.500 e com tração nas quatro rodas custa R$ 106.800.

Entre os itens de série que passaram a acompanhar a Toyota RAV4 são: vidros, travas e retrovisores elétricos, ar-condicionado digital com controle individual para motorista e passageiro, controles do sistema de som no volante, direção eletroassistida progressiva, coluna de direção regulável em altura e profundidade, banco do motorista ajustável em altura, painel com iluminação do tipo Optitron - que regula a luminosidade de acordo com a variação da luz externa, sistema de som com interface para iPod, iPhone e MP3/WMA, banco traseiro  rebatível e reclinável e diversos porta-copos.

Visual interno do SUV

Visual interno do SUV

O design da carroceria não mudou muito e continua com a mesma cara, com pára-choques salientes e rodas em liga leve, equipadas com pneus de medida P225/65 R17. A diferença visual entre as versões 4X2 e 4X4 não passa apenas do parabarro na traseira e teto solar presente no modelo com tração integral.

Agora bem equipado, o carro quer driblar seus adversários e entrar no mercado como um corrente de peso, a estimativa de venda da fábrica aponta especificamente em cerca de 500 unidades mensais. Seus principais concorrentes são: Kia Sportage, Hyundai ix35, Hyundai Tucson, VW Tiguan e Honda CR-V. Sendo assim, disputa difícil, já que a maioria tem design mais moderno e preços melhores.

Porta-malas do utilitário esportivo da Toyota

Porta-malas do utilitário esportivo da Toyota

Apenas o estepe com roda em liga leve localizado na tampa do porta-malas garante design ao carro, além de contribuir com o aumento da capacidade volumétrica do porta-malas de 540 litros com cobertura retrátil, rede protetora e tomada de 12V.

A primeira impressão, ao entrar no SUV, é a de que os botões vão atrapalham um pouco o motorista até que ele se acostume e decore as funções disponíveis. Mas, o ajuste de altura para o banco do motorista, piloto automático e a boa visibilidade oferecem ao utilitário esportivo conforto e segurança.

Já ao testar a versão 4X2 por quase 80 quilômetros a caminho de Campos do Jordão (SP), a novidade da Toyota deixa a desejar em razão da leve trepidação que incomoda, principalmente, os passageiros.

Traseira da nova RAV4

Traseira da nova RAV4

Por outro lado, o consumidor que gosta de organização e encontrará vários porta-objetos e os passageiros do banco de trás contam com ótimo espaço e conforto. A posição de dirigir é confortável graças aos ajustes (manuais) nos bancos e na direção. O acabamento é bom, não apresenta rebarbas e a cor interna é cinza. A fabricante japonesa comercializa o modelo em quatro tonalidades: branco perolizado, prata, preto e preto safira.

* viagem a convite da Toyota

LEIA MAIS:

Leia avaliação do Toyota Prius

Toyota Corolla 2011 ganha motor 2.0 Flex

Salão de SP: Kia Sportage

Categorias: Salão de São Paulo 2010, TODAS AS NOTÍCIAS
Kia Sportage é um dos destaques da montadora coreana

Kia Sportage é um dos destaques da montadora coreana

A terceira geração do Kia Sportage é um dos seis lançamentos à mostra no Anhembi. O utilitário compacto é o principal rival do Hyundai ix35 e está mais belo do que nunca. Com linhas do designer Peter Schreyer (ex-Audi), é o produto final do conceito Kue, apresentado em 2007.

Chega ao Brasil com motor 2.0 16V, com comando de válvulas variável, capaz de desenvolver 166 cavalos. Serão oferecidas as opções de câmbio automático e manual, a partir de R$ 83.900

sport21
A carroceria ficou 9 centímetros maior que a anterior, com 4,44 m. Haverá versões com tração dianteira e também 4×4 integral, com distribuição eletrônica sem intervenção do motorista.

O modelo divide a plataforma com o Hyundai ix35, já que as duas marcas pertencem ao mesmo grupo na Coréia. Por aqui, ambos são ferrenhos concorrentes.

sport3




Copyright © 2014 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0