home do ZAP Carros | Carros Usados, Novos e Seminovos

Saiba como não perder a garantia do seu carro

Categorias: Cuide de seu carro, Manutenção, TODAS AS NOTÍCIAS

A garantia de fábrica é um dos aspectos que têm grande peso na hora de escolher um carro zero-km. Para ter direito ao benefício, o consumidor deve fazer as manutenções determinadas pela fabricante. Mas nem todos seguem o plano de revisão previsto no manual do proprietário. Além disso, ao final da cobertura há uma debandada das oficinas. Isso em geral pode sair caro, já que corrigir o que quebrou custa mais que prevenir defeitos.

Segundo levantamento do Grupo Interprofissional de Produtos e Serviços do Automóvel (Gipa), 64% dos proprietários de veículos com mais de um ano migram para oficinas independentes ou deixam de revisar o veículo. Apenas 36% continuam fazendo a manutenção em autorizadas.

A dentista Renata Ueta é uma das que abandonou a manutenção preventiva. Ela deixou de fazer a segunda revisão de seu Chevrolet Meriva, mas teve sorte. Quando o carro começou a falhar, recorreu à autorizada e conseguiu o conserto em garantia. ?Foi constatado que era defeito de fábrica e, por isso, nada tinha a ver com manutenção?, conta ela, que costuma adiar as revisões programadas. ?Vou empurrando, já que cada vez gasto pelo menos R$ 1.000.?

Renata levou seu Meriva para arrumar (Foto: André Lessa/ Agência Estado)

Renata levou seu Meriva para arrumar (Fotos: André Lessa/ Agência Estado)

Já o aposentado Waldemar Tantaglioni trata seus Ford (EcoSport e Courier) com carinho. Ele costuma fazer as revisões previstas na garantia na autorizada e depois parte para oficinas independentes. ?Continuo seguindo o plano do manual num mecânico de confiança?, afirma.

Tantaglioni conta que, por cuidar bem de seus carros, sempre consegue revendê-los por preços acima dos praticados no mercado.

Para manter a clientela fiel à autorizada após o fim da garantia, as montadoras investem em ações de pós-venda. Segundo as fabricantes, as revisões com pacotes fixos, cada vez mais comuns, têm preços próximos aos cobrados no mercado independente.

Waldemar zela pelo carro

Waldemar zela pelo carro

PODE OU NÃO PODE ?  - Para evitar dores de cabeça o consumidor deve ficar atento às regras de garantia previstas pelas fabricantes. ?Se as características do modelo forem modificadas e por isso surgirem problemas, o cliente não poderá cobrar da marca a cobertura?, diz o diretor de Serviço da Chevrolet, Marco Aurélio Pacheco.

Mas alguns serviços, como troca de óleo, podem ser feitos fora da rede de concessionárias, segundo o executivo. ?Isso desde que os parâmetros estabelecidos pela montadora sejam respeitados.?

Na rede Ford, as regras são praticamente as mesmas. ?O cliente perde direito à garantia se fizer modificações que causem eventuais defeitos?, explica o gerente de Engenharia de Serviço da fabricante, Joaquim Pereira. Além de oferecer planos de revisão com preços fixos, a Ford trabalha para inibir a instalação de acessórios fora da rede. ?É o serviço que mais dá problemas.?

Há marcas menos flexíveis com as regras de garantia, como a importada Kia. A cobertura de cinco anos oferecida para seus modelos só vale se todas as revisões e serviços forem feitos na rede autorizada. ?Nas concessionárias, conseguimos fazer um mapeamento eletrônico muito mais profundo, identificando problemas do veículo que podem não ser acusados numa oficina independente?, afirma o diretor da empresa, Dino Arrigoni.

Edmilson Briotto, gerente técnico da Peugeot, diz que o diferencial das concessionárias são os sistemas atualizados às novidades dos carros da marca.

Em relação à diferença do tempo de cobertura, todas as marcas são categóricas ao informar que o prazo é determinado por uma questão de posicionamento de mercado. Não teria nada a ver com o local de fabricação, segmento ou preço do veículo.

PREVINIR É MELHOR - No ano passado, 50,3% dos clientes que visitaram oficinas, autorizadas ou independentes, fizeram manutenção preventiva. O restante (49,7%) levou o veículo para fazer algum reparo. Os dados, coletados em todo o País, são do Grupo Interprofissional de Produtos e Serviços do Automóvel (Gipa).

?Muitos clientes não seguem um plano de manutenção por causa das despesas?, diz César Samos, proprietário da Mecânica do Gato (2028-0288), na zona leste. ?Eles priorizam os reparos urgentes, de defeitos que podem deixá-los sem carro.?

Levantamento da Auto Mecânica Scopino (3955-2086), na zona norte , aponta que quem prefere não gastar R$ 60 na troca de fluido de freio acaba tendo de pagar R$ 230 num cilindro mestre. A peça sofre desgaste precoce se o fluido estiver vencido.

Segundo Cássio Herve, diretor do Grupo Germinal, que faz pesquisas sobre reposição automotiva, é importante ficar atento ao tipo de desgaste sofrido pelo veículo. ?A manutenção está ligada ao hábito de direção e a vida útil da peça varia de acordo com o motorista e a utilização do carro, entre outros fatores. Por isso a revisão é importante.?

José Palácio, auditor do Instituto de Qualidade Automotiva (IQA), diz que nas cidades o uso do veículo é mais severo. ?O ?anda e para? do trânsito é mais nocivo aos sistemas do veículo que as condições numa estrada.?

O porcentual de proprietários que faz manutenção preventiva cai conforme a idade do veículo. Os índices da Gipa são de 58% para carros de dois a três anos e 49% nos modelos de sete a oito.

A engenheira Denise Silva não descuida da manutenção de seu Chevrolet Corsa 1998. ?Eu o l evo mensalmente ao mecânico. Assim, organizo os meus gastos e não prejudico o orçamento.?

COBERTURAS DE FÁBRICA :

1 ano - Chevrolet (Celta, Prisma, Classic, Corsa, Meriva, Astra, Zafira e Montana); Citroën (exceto C4 Pallas); Fiat (exceto Linea); Ford (Ka, Fiesta, Courier, Focus 1.6, e EcoSport); Jinbei; Peugeot; Renault (Clio e Kangoo); Troller T4 e Volkswagen Tiguan

2 anos - Audi; BMW; Chana; Chevrolet (S10, Blazer e Omega); Chrysler; Dodge Ram; Effa; Ford F-250; Hafei; Honda (Accord e CR-V); Jeep; Mahindra; Mercedes-Benz; Mini; Mitsubishi (Pajero TR4, Pajero Sport, L200 e Eclipse GT); Nissan (X-Trail, Pathfinder, Murano e 350Z); Porsche; Renault (Mégane Coupé Cabriolet, Scénic e Grand Scénic); Subaru (Impreza WRX) e Volvo

3 anos - Chevrolet (Vectra, Vectra GT e Captiva) Citroën C4 Pallas; Dodge Journey; Ferrari; Fiat Liena; Ford (Focus 2.0, Fusion, Ranger e Edge); Honda (Fit, City e Civic); Jaguar; Land Rover; Lexus; Maserati; Mitsubishi (Pajero Full, Pajero Dakar e Outlander); Nissan (Livina, Grand Livina, Tiida, Sentra e Frontier); Renault (Logan, Sandero, Symbol, Mégane Sedan, Mégane Grand Tour); SsangYong; Suzuki; Toyota; Volkswagen (exceto Tiguan)

5 anos - Hyundai; Kia; Subaru (exceto Impreza WRX)

Leia mais:

Água do motor precisa de aditivos e trocas regulares

Sistema de freios: fique de olho  

Garanta as partidas nas manhãs de inverno

12 comentários sobre “Saiba como não perder a garantia do seu carro”
  • Marcelo Soares Cunha disse:    ( 11.04.2014 às 19:36 )

    Tenho um Vectra GT 2011, que ainda est? na garantia com 40k. Deixei na DIG para fazer a revis?o e fui informado que o meu amortecedor do lado direito est? com problema e precisa ser trocado. O carro est? l? desde do dia 02/04/2014 e at? agora nada. Liguei e recebi um protocolo da CHEVROLET e at? hoje 4 dias n?o tive retorno. Ligo todo dia e a atendente informa que vai priorizar e nada.


  • jose carlos disse:    ( 13.03.2014 às 18:04 )

    tenho um crosfox com nove meses de uso fiz a revis?o de quarenta mil km com 42 mil loga apos o carro apresentou um defeito no motor e fui informado que por esse motivo teria perdido a garantia e certo


  • benedito jose dos santos filho disse:    ( 08.01.2014 às 12:41 )

    Por favor me ajudem comprei um c3 picasso e deixei de fazer a revis?o por prpria culpa da concessionaria que n?o me atendeu a tempo, depois disso meu carro deu problema e tive que trocar a pe?a e tive que pagar pois eles me disseram que perdi a garantia. mesmo eu tendo feito a terceira revis?o com eles…. posso acionalos na justi?a para reverter isso e voltar a garantia pois a garantia ? de tres anos e estou com o carro a um ano….comprei-o em agosto de 2012.

    O que deve fazer….


  • Marcelo Ferreira disse:    ( 20.08.2013 às 17:45 )

    Se eu trocar os itens previstos na revis?o de 30 mil da Volksvagen, fora da autorizada, perco a garantia de motor e c?mbio que ? de 3 anos?


  • Manuel b farias disse:    ( 06.08.2013 às 19:32 )

    Tenho cobalt 2012 deu problema no ventilador com9meses na autorizada n tinha a pe?a 10 dias ?teis para chegar n podia esperar comprei uma nova que custou $500.00 colocou a pe?a nova so o encaixe da pe?a era diferente o me cani?o trocou quando a pe?a nova chegou o mec?nico disse que pedir a garantia vou colocar na justica


  • Mauro Carlos Taparelli disse:    ( 15.06.2013 às 23:01 )

    EM OUTUBRO DE 2011, comprei na CAOA um ecosport, ocasi?o em que recebi uma tabela com os pre?os FIXOS para as 6 primeiras revis?es. Porem, na 3? revis?o, houve um acr?scimo de 25%.
    Enviei carta ao PROCON, que repsssou ‘a FORD, mas n?o houve resposta. Tenho que me submeter aos “novos” pre?os das revis?es?
    Se n?o fizer nas concesdsion?rias, prco a garantia?
    Essa foi mais uma PROPAGANDA ENGANOSA.
    Mauro Carlos Taparelli


  • maeldon moraes disse:    ( 20.03.2013 às 14:08 )

    Tengo un celta e ta com seis meses de uso e ta infriltando agua no farol ..levei na concecionaria e me disseram que perd? a garant?a porque coloquei duas l?mpadas azuis, sendo que nao mexi en nada do farol simplesmente tirei a l?mpara e coloquei a outra sem usar chaves ou acessorios que danificassem o farol ..sendo que ta na cara que infrilta pela vedacao do farol…posso procurar a justi?a? Alguem me ajude!


  • mauro disse:    ( 19.03.2013 às 17:17 )

    O problema no Brasilo ? n?o existir uma justi?a que funcione. As concession?rias abusam da m?-f? e, em portugu?s bem claro, do roubo. Num das reevis?es de um FORD Ka que tive, cobraram 1,5 litros a mais de ?leo do que o necess?rio (com troca do filtro!) e, embora eu tenha pago 4 velas novas, nenhuma foi trocada. Hoje tenho um Nissan e os golpes no consumidor continuam os mesmos. N?o verificam nada. No meu carro tinha uma pe?a solta quando entrou na concession?ria e a pe?a coninuou solta quando saiu de l?. Al?m disso cobram um pre?o acima do mencionado no site da Nissan. A solu??o ?, portanto, procurar a justi?a a cada revis?o - o que vai lhe custar caro e a solu??o vai demorar pelo menos 5 anos - ou procurar uma boa oficina de confian?a fora da rede de concession?rias,


  • ricardo disse:    ( 15.03.2013 às 23:31 )

    Sou gerente de um centro automotivo e concordo com o Alex, ganhei v?rios clientes pela desonestidade das concession?rias, porque ?s vezes cobram e n?o trocam ou fazem uma lista enorme de problemas que o ve?culo nem possui. Outra coisa, j? resolvi v?rios defeitos de ve?culo que passou na concession?ria e o cliente era s? enrolado e n?o conseguiam resolver rsss… Outra coisa existem oficina que ?tem sim?recurso para atender com equipamentos at? melhores que a concession?ria a Bosch Car Service por exemplo, s? quem trabalha no ramo sabe que muitos servi?os que o cliente pensa que ? efetuado por funcion?rios da concession?ria na verdade n?o s?o, os t?cnicos realmente capacitados trabalham de freelancer para as concession?rias ou abrem sua oficina, capacidade e conhecimento ? tudo…


  • FRAN disse:    ( 19.02.2013 às 10:44 )

    N?o concordo com o que disse MARK! Trabalho em um oficina mec?nica autorizada bosch, e tem condi??es plenas de arcar com defeitos que as concessionarias n?o conseguem resolver, pois n?o foi uma nem duas que ja vieram ate n?s para resolver problemas, ent?o acredito que vc tenha que se retratar ao falar das oficinar mecanicas…E sei tambem de cobran?as abusivas de varias das concessionarias, que n?o trocam pe?as e cobram..muitos problemas..eu mesma comprei um PUNTO 2013 1.4 e o carro veio cheio de problema do quais a concessionaria FIAT n?o resolve…( fiat indica no manual troca de ?leo a cada um ano, cendo que o correto de todo ?leo motor ? trocar a cada 6 meses), n?o confio em concessionaria…e ja ouvi atrocidades de clientes que deixaram de fazer revis?o na concession?ria e passaram a faze-la com nossa empresa.
    Garantia? que Garantia?se querem me obrigar a ir ate a conssecionaria trocar ?leo, v?o terque me dar e n?o me cobrar porque isso chama se VENDA CASADA prevista em lei, a mesma ilegal.
    Concerteza esta reportagem n?o se aplica no brasil …piada!


  • MARK disse:    ( 10.10.2009 às 18:04 )

    EU NÃO CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO SR. ALEX.
    UMA OFICINA DE “CONFIANÇA - PARTICULAR”NÃO TEM RECUSRSOS FINANCEIROS PARA POSSUIR OS EQUIPAMENTOS PARA REPARO DE UMA CONCESSIONÁRIA. HONESTIDADE? QUERO SO VER QDO UMA OFICINA PARTICULAR PROCVOCAR UM DEFEITO INVOLUNTÁRIO EM SEU CARRO, SE ESTA OFICINA VAI TER “CAIXA”PARA FAZER O REPARO.
    OS CUSTOS DE MANUTENÇÃO EM CONCESSIONÁRIAS SÃO PROGRAMADAS, QDO VC COMPRA UM CARRO VC JÁ SABE QTO VAI GASTAR.


  • alex disse:    ( 12.09.2009 às 21:35 )

    esta reportagem se aplica mesmo ao caso brasileiro???? concessionarias não só cobram por serviços e nao executam, como também inventam defeitos, roubam peças e cobram caro por isso.Além de ter passado por algumas situações destas, ja ouvi de amigos mais de uma dezena de casos de furto de peças, serviços não executados e defeitos inexistentes. Reportagem deveria ser publicada em outro ~país… não aqui.


Deixe um comentário



Copyright © 2014 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0