home do ZAP home de Empregos

Curso de extensão é boa saída para a falta de tempo

Categorias: CANAL RH, CURSOS, PLANEJAMENTO DE CARREIRA, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A loucura do cotidiano no mundo corporativo muitas vezes faz com que os profissionais não tenham fôlego para encarar cursos longos e desgastantes como MBA ou pós graduação. Para suprir a demanda de quem sofre com essa realidade, mas não abre mão de se capacitar de forma contínua, instituições de ensino vêm aprimorando seus cursos de extensão, mais rápidos e focados em determinada área de conhecimento. ?A grande vantagem dele é a flexibilidade?, diz Caê Nóbrega, consultor da Crescimentum, especializada em RH.

No entanto, na hora de escolher um curso dessa natureza, todo o cuidado é pouco. Afinal, os atributos que o qualificam - rapidez e flexibilidade - também podem desaboná-los. ?Milhares de pessoas olham para esses cursos apenas como diplomas e certificações no sistema ?fast food?, mas se esquecem de observar fatores super importantes como a idoneidade e credibilidade da instituição, a coerência do conteúdo e sua aplicabilidade na carreira?, explica Nóbrega.

Outro ponto de atenção é o fato, pouco conhecido por muitos, de esses cursos possuírem um corpo docente que é free-lancer. Assim, a troca de docente é inevitável e pode resultar na falta de coesão entre as disciplinas, que não se conversam nem se completam.

O consultor destaca, ainda, que, antes de se matricular, o profissional deve analisar seu momento de carreira (conseguirei mesmo frequentar as aulas?) e avaliar aonde quer chegar com esse investimento. Para dar uma forcinha àqueles que precisam de bússola, o CanalRh compilou os cursos de extensão relacionados a Business de algumas das principais instituições de São Paulo. Veja a lista, programe-se e boa sorte!

Conheça o dia a dia de um home officer

Categorias: MERCADO DE TRABALHO, PLANEJAMENTO DE CARREIRA, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ainda que o horário seja flexível e o escritório esteja ali do lado, Maria Cristina Cinopolli Gomas, diretora da Social Consultoria, sempre organizou cada momento do dia para não comprometer a rotina do trabalho. Hoje, devido ao crescimento do seu negócio, ela já não atua dentro do seu lar, mas boa parte da sua carreira foi construída em um escritório instalado no cômodo que atualmente abriga o quarto da filha.

Para se adaptar ao esquema em home office, Maria Cristina reservou um espaço da casa para concentrar suas coisas do serviço. ?Para trabalhar em casa precisa-se de uma infra-estrutura e também de uma rotina?, afirma Maria Cristina.

Em relação a rotina, a profissional conta que, mesmo não precisando enfrentar o trânsito conturbado, acordava todos os dias entre 6 e 7 horas. Logo em seguida, tomava banho, fazia o café da manhã e já se arrumava. Trocava de roupa e se vestia como se fosse sair para trabalhar. Nada de chinelos ou de pijama. ?Precisava entrar no espírito da coisa, por isso me produzia toda. Assim sentia realmente que estava indo trabalhar.?

Por volta das 8 horas, Maria Cristina dava início às tarefas do dia. A partir desse momento o esquema é praticamente o mesmo de quando se está dentro de uma empresa: abrir e-mails, respondê-los, cuidar das pendências, fazer telefonemas e por aí vai.

Meio-dia era o horário em que a profissional tentava fazer uma pausa para o almoço. Nem sempre era possível e nem sempre o intervalo era grande, mas ela se policiava para se alimentar e cuidar de si.

Também para manter uma ordem e disciplina, Maria Cristina tentava encerrar o dia por volta das 17 horas. No entanto, de novo, nem sempre o horário era cumprido. ?Eu produzia bem mais quando estava em casa?, recorda.

Leia também:

Trabalhe em casa: tudo sobre home office

Prós e contras de trabalhar em casa

Estácio Ensino Superior abre inscrições para trainee

Categorias: CONCURSOS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio - Estão abertas até 8 de janeiro as inscrições para o 2º Programa Trainee Corporativo da Estácio Ensino Superior. Serão oferecidas 20 vagas no Rio de Janeiro e podem se inscrever candidatos graduados entre 2008 e dezembro de 2009 nos seguintes cursos: Administração; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Ciências Contábeis; Comunicação Social (jornalismo/publicidade e propaganda); Direito; Engenharia Civil; Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica (ênfase em computação); Gestão Comercial; Gestão Comercial; Gestão da Tecnoligia da Informação; Gestão de Recursos Humanos; Gestão de Segurança Privada; Gestão Financeira; Logística; Marketing; Pedagogia; Psicologia; Sistemas de Informação; e Sistemas para Internet.

Os requisitos exigidos são: domínio de microinformática (Windows, Internet e pacote Office); conhecimento de inglês (nível intermediário) e perfil alinhado às competências e valores da empresa. É desejável que o candidato possua Coeficiente de Rendimento Geral mínimo de 7,5 no seu curso de formação.

A seleção é composta de prova on-line (conhecimentos gerais, informática, raciocínio lógico, matemática, português instrumental e inglês), dinâmica de grupo, painel com executivos da empresa e entrevistas individuais. O programa tem duração de 15 meses. Mais informações e inscrições pelo site da Estácio.

Confira outros programas de trainee:

DHL seleciona para programa trainee de 2010

Programa de Trainee 2010 da ALE

Siga o ZAP Empregos no Twitter!

CNI critica novas regras do Seguro Acidente de Trabalho

Categorias: LEGISLAÇÃO TRABALHISTA, MERCADO DE TRABALHO, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasília - O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro, criticou nesta quarta-feira as novas regras para a cobrança o Seguro Acidente de Trabalho (SAT), que começam a vigorar o início de 2010. O setor empresarial alega que as mudanças feitas pelo governo no critério de classificação das empresas vão acabar fazendo com que haja um aumento generalizado no seguro. “A indústria apóia um sistema que incentiva a empresa que investe em segurança do trabalho e pune quem não investe. Mas esse formato onera todos os setores”, disse Monteiro, após o encerramento do 4º Encontro Nacional da Indústria (Enai).

Segundo ele, caso o governo não faça mudanças nas novas regras, a CNI poderá entrar com uma ação na Justiça para questionar a cobrança. “Vamos tentar resolver o assunto pela via administrativa. Caso contrário, nos restará a via judicial.”

Siga o ZAP Empregos no Twitter!

Concurso do Detran-RJ: 77.146 candidatos para 320 vagas

Categorias: CONCURSOS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio - O Detran-RJ já encerrou as inscrições para seu primeiro concurso público para cargos de nível médio. No total, 77.146 candidatos se inscreveram para disputar 320 vagas. No próximo dia 30, a Fundação Ceperj, organizadora do concurso, colocará em seu site os cartões de confirmação de inscrição (CCIS), com horário e local das provas objetivas, que estão marcadas para 13 de dezembro. Todos os candidatos precisam imprimir os CCIs para apresentá-los no dia dos exames.

Segundo o diretor de Concursos e Processos Seletivos da Ceperj, Marcus São Thiago, o número de inscritos ainda poderá aumentar, pois muitos candidatos pagam seus boletos bancários em casas lotéricas, que enviam o comprovante de pagamento das taxas uma semana depois de encerradas as inscrições. De qualquer forma, do total existente até agora, 55.049 concorrem ao cargo de assistente técnico administrativo.

As 320 vagas, já incluídas as destinadas aos portadores de necessidades especiais, estão assim distribuídas: 185 para assistente técnico administrativo, 30 para assistente técnico de identificação civil, cinco para assistente técnico de informática e 100 para assistente técnico de trânsito.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o valor da remuneração inicial é de R$ 1.228,86, incluindo benefícios.

Siga o ZAP Empregos no Twitter!




Copyright © 2014 ZAP.
Todos os direitos reservados. v2.0